Single Posts
Confirmados
27.118
Single Posts
Recuperados
17.094
Single Posts
Óbitos
184

 Publicidade

Dois acusados por matança de onças em Curionópolis já estão soltos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Dois acusados por matança de onças em Curionópolis já estão soltos

Duas pessoas foram soltas e só uma deve continuar presa no caso da morte de onças ocorrido na última semana em Curionópolis. Segundo o delegado Nelson Júnior, da Polícia Civil de Parauapebas, foram liberados Francisco Evangelista, de 69 anos, e uma mulher. No caso dela foi arbitrada fiança no valor de um salário mínimo e de Evangelista, com quem foram encontradas só duas armas, foi arbitrado o valor de meio salário mínimo.

Júlio César, de 54 anos, acusado de ser o dono das cabeças, patas e caudas dos animais e na casa de quem também foi encontrado o verdadeiro arsenal de armas, teve a prisão preventiva decretada e ontem, segunda-feira (29), iria acontecer a audiência de custódia dele, quando a justiça deveria decidir se a prisão seria mantida ou não.


Pela morte dos animais, o Ibama, segundo o delegado Nelson, estipulou multa, que deve ultrapassar os R$ 50 mil. Ao todo, 19 cabeças de onças foram apreendidas na operação realizada pela Polícia Militar, que aconteceu na última sexta-feira (26). Nesta terça-feira (30), acontece a necropsia dos animais, que vai ser acompanhada por equipe do Ibama, CMBio e Parque Zoobotânico de Carajás.

Reportagem: Tina Santos / Grupo Correio de Comunicação

Publicidade

Veja
Também