Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Dois bancos são assaltados ao mesmo tempo na mesma rua em Uruará-PA

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Sete assaltantes chegaram à sede da cidade em duas caminhonetes, seguiram em direção aos bancos, situados na mesma rua, e invadiram os estabelecimentos a tiros.

Em seguida, os bandidos saíram com funcionários e clientes como reféns, fazendo uma espécie de escudo com as pessoas em frente aos bancos. Aos tiros, os bandidos teriam roubado, na fuga, um terceiro veículo, que também foi usado para levar um grupo de reféns. A ação dos bandidos foi rápida. Logo após a comunicação do assalto, barreiras da Polícia Militar foram montadas nas saídas principais da cidade.


Em uma delas, houve troca de tiros com bandidos, que seguiram pela Rodovia Transamazônica (BR-230), no sentido do município de Placas para Santarém. Na troca de tiros, uma viatura da PM foi atingida por disparos. Um dos veículos roubados foi encontrado horas depois, queimado próximo ao uma ponte do município.

Segundo o delegado Rodrigo Leão, policiais civis do Núcleo de Apoio à Investigação de Santarém e da superintendência da polícia no Xingu estão em Uruará. O helicóptero Gavião 8, do Graesp de Altamira, sobrevoa a cidade para auxiliar as buscas. Policiais civis da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos e do Grupo de Pronto-Emprego (GPE), equipe tática da Polícia Civil, foram deslocados de Belém para ajudar nas investigações.

O Sindicato dos Bancários pede mais segurança para a categoria. “É com indignação que o Sindicato dos Bancários do Pará acompanha mais um caso de assalto na modalidade ‘vapor’, nas agências do Banco do Brasil e do Banco da Amazônia, em Uruará. No dia 5 de fevereiro de 2013, os bancários e bancárias do Banco do Brasil já tinham vivenciado a dor dessa mesma prática criminosa”, afirma Rosalina Amorim, presidente do Sindicato.

(Com informações de Agência Pará e G1 Pará)

Publicidade

Veja
Também