Dono de pit bull que atacou criança deve responder por lesão corporal culposa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O proprietário do cachorro da raça pit bull, que atacou e feriu gravemente nesta quinta-feira (30) uma criança do sexo feminino no Bairro Cidade Jardim, em Parauapebas, será indiciado criminalmente por lesão corporal culposa.

A informação foi passada na manhã desta sexta-feira (31) à reportagem do Portal Pebinha de Açúcar pelo delegado Thiago Carneiro, da Seccional Urbana de Polícia Civil em Parauapebas.


De acordo com a autoridade policial, a menina de apenas três anos de idade se encontrava brincando na frente da residência dos pais com outras crianças, quando foi atacada pelo cachorro, que a mordeu violentamente, chegando a arrastá-la em alguns metros, provocando várias lesões pelo corpo.

Delegado Thiago Carneiro está à frente das investigações

 

“Graças à intervenção de pessoas vizinhas, não houve fatalidade”, declarou o delegado Thiago Carneiro, acrescentando que a criança foi socorrida e encaminhada às pressas para o Hospital Yutaka Takeda, em Carajás, onde recebe tratamento.

Essa não foi a primeira vez que o animal atacou pessoas. Em depoimento, o dono do cachorro confessou que passa o dia fora de casa e que o cachorro fica aos cuidados de um filho, mas o animal acaba fugindo para a rua e atacando pessoas.

Publicidade

veja também