Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Dupla assalta residência e deixa dono amarrado com o fio da TV no Cidade Jardim

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O dono de uma residência no Bairro Cidade Jardim, em Parauapebas, foi surpreendido na manhã de sábado, 12, pouco depois de abrir o portão da garagem da casa, por dois homens, que o renderam, o amarraram com fio de energia de uma televisão, e levaram vários objetos do imóvel. Os acusados, no entanto, foram presos horas depois por uma guarnição da Polícia Militar e já estão à disposição da justiça.

João Víctor Pereira Santana e Marcos Vinicius Silva de Jesus negam o crime, mas foram reconhecidos pela vítima, que disse não ter dúvida de que foram os dois quem o assaltaram. Inclusive ele lembrou que um deles usava a camisa do Flamengo, que era justamente Marcos Vinicius.


De acordo com o delegado Fernando Silva Oliveira, a vítima, que não teve o nome revelado, contou que chegou em casa por volta de 9 horas, abriu o portão da garagem para estacionar o veículo e deixou, por alguns minutos, o portão aberto. Segundos depois já foi surpreendido por dois homens, que estacionaram um Gol branco em frente a sua casa, e entraram no imóvel anunciando o assalto.

Eles o renderam, o amarraram com fio de uma TV e pegaram vários objetos, como notebook, tablets e roupas, e depois fugiram levando o veículo dele, um Fox. Mesmo amarrada, a vítima conta que conseguiu se movimentar e chamar socorro.

O caso foi logo comunicado às polícias Civil e Militar. De acordo com o delegado, uma guarnição da Polícia Militar conseguiu obter imagens do momento em que os assaltantes abandonavam o Fox, que foi travado pelo dispositivo de segurança que tem, e entraram novamente no Gol.

A guarnição então iniciou diligência para tentar localizar esse veículo, que foi pouco depois encontrado no Bairro Tropical, parado próximo de um bar. As pessoas que estavam no bar foram abordadas, e foi feita a foto de cada uma e enviada à vítima, que reconheceu dois, como sendo os que a assaltaram.

Os suspeitos foram conduzidos para a 20ª Seccional, onde a vítima fez o reconhecimento formal, dizendo não ter dúvidas de que eram os mesmos assaltantes, inclusive pela camisa do Flamengo, que um dos acusados usava. Com base nisso, informou o delegado, os dois foram autuados em flagrante por roubo majorado.

Fernando Oliveira observa que João Victor já tem passagem pela polícia e ficou 11 meses preso na Carceragem do Rio Verde por roubo.

Publicidade

Veja
Também