Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Educadores da rede municipal de ensino aprovam estado de greve

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Educadores da rede municipal de Parauapebas deflagraram estado de greve durante assembleia ocorrida na noite da última segunda-feira (3) no auditório do Centro Universitário de Parauapebas (Ceup).

De acordo com Rosemiro Laredo, coordenador local do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Estado do Pará (Sintepp), a decisão em ‘cruzar os braços’ é motivada devido à grande insatisfação da categoria em relação ao que ele considera como descaso do poder público com a educação no município.


Rosemiro Laredo denuncia péssimas condições de funcionamento das escolas, salas superlotadas e sem climatização, casos de desmaios de alunos e de professores, onda de violência vivida em ambientes escolares, assédio moral, perseguição política e até agressão física.

“Diante desse cenário caótico, não se vê nenhuma medida emergencial que possa pelo menos amenizar a situação, o que demonstra inteira falta de respeito com os educadores”, dispara o sindicalista.

A coordenação do Sintepp diz que está tentando dialogar com o gestor do Executivo e que tem total interesse em discutir a pauta da educação para solucionar os problemas e evitar medidas mais radicais, mas alerta sobre o sentimento de indignação da categoria, que já apontou para uma possível paralisação das atividades, caso não tenha respostas concretas da gestão municipal.

Publicidade

Veja
Também