Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Em Canaã dos Carajás, cantor é executado a tiros durante show

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Um crime ainda cercado de mistério. O cantor e tecladista Michael José de Souza Campos, o popular China, foi executado com 5 tiros à queima-roupa. O assassinato aconteceu por volta das 23 horas de sábado (15) enquanto se apresentava em um bar no Bairro Vale da Bênção, no município de Canaã dos Carajás, sudeste do Pará.

Segundo testemunhas, dois homens de capacete e armados chegaram em uma moto Biz, cor branca, entraram na casa de seresta e um deles disparou três vezes contra o cantor. Michael caiu e logo em seguida o autor dos disparos se aproximou e efetuou mais dois tiros no artista.


Michael era bastante conhecido em Canaã dos Carajás e dois dias antes de ser assassinado ele se apresentou no programa Fala Cidade, do SBT, no município.

O corpo de China foi levado para o Hospital Municipal Daniel Gonçalves. Lá, os médicos constataram a morte por arma de fogo.  Em seguida, o cadáver foi envolvido em um tecido preto (TNT) com esparadrapos e permaneceu em uma das alas da unidade de urgência e emergência até ser levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Parauapebas, cidade vizinha.

O corpo do cantor “empacotado” à espera de necropsia. A polícia investiga para chegar aos autores do crime.

A reportagem  questionou à Secretaria Municipal de Saúde por que cadáveres são expostos dentro do hospital, mas até o fechamento da matéria não teve resposta.

A polícia ainda investiga o que teria motivado o crime e tenta identificar os autores e possível mandante para efetuar a prisão. A polícia pede a quem tiver qualquer informação que possa levar ao paradeiro dos criminosos, que entre em contato com o Disque Denúncia Sudeste do Pará, através dos canais de atendimento: (94) 3312-3350; WhatsApp (94) 98198-3350.

Publicidade

Veja
Também