Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Em Marabá, homem incendeia o próprio carro e tenta suicídio

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Durante a manhã desta segunda-feira (18), um senhor de idade não revelada e identificado por Juarez Pereira da Silva, que dirigia um veículo Corsa Classic, tentou suicídio em frente a uma emissora de TV, localizada no Bairro Nova Marabá, em Marabá.

Segundo informações de funcionários da emissora, o homem chegou dirigindo o veículo por volta das 09h00, muito nervoso, dizendo que alguém estava usando o seu nome para fins de compras, logo em seguida, saiu das dependências da TV e ateou fogo no veículo com ele dentro.


Um dos funcionários da emissora vendo o homem em chamas dentro do veículo o retirou imediatamente do carro, mas apesar da coragem do funcionário, o suicida que estava em posse de um tipo de canivete desferiu golpes em uma da pessoa que estava tentando salvar sua vida.

Em seguida, o homem fora do veículo, utilizando da mesma faca, em ato de desesperado, afirmava que iria tirar a própria vida. A Polícia Militar, Tático Operacional da PM, Corpo de Bombeiros, Samu e a Guarda Municipal foram acionadas. A Polícia Militar através do Sub.Ten. J. Rodrigues e sua guarnição fizeram a primeira verbalização tentando convencê-lo do não suicídio, porém não deu certo, visto que o senhor estava decidido a tirar a própria vida.

A Guarda Municipal de Marabá composta pelo Inspetor Carvalho, Guardas F. Costa e Willis, tiveram que utilizar um dos meios menos letais, através de disparos de spark (dispositivo eletro incapacitante), único meio seguro de salvar a vida do senhor.

O Guarda F. Costa foi o agente que realizou o disparo com sucesso, o homem que teve grande parte do corpo queimado, foi socorrido pelo o Samu, que aguardava no local e encaminhado ao hospital municipal.

Somente este ano, a Guarda Municipal teve que utilizar mais de quatro vezes disparos de spark para fins de salvar vidas, a maioria dos casos foi intervenções envolvendo pessoas apresentando distúrbios mentais, tentando contra a própria vida.

 

Reportagem: Inspetora Andréia Melo

Publicidade

Veja
Também