Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Em Parauapebas, acusado de homicídio vai visitar companheira na cadeia e acaba preso

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Na manhã de hoje (26), investigadores da 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas deram cumprimento ao mandado de prisão preventiva expedido pelo juízo da 2ª Vara Criminal de Parauapebas em desfavor de Jurandir Ferreira da Silva, mais conhecido como “De Menor”, em razão de seu envolvimento na morte de Giliarde de Sousa Lima no dia 27 de dezembro de 2019, como foi noticiado AQUI no Portal Pebinha de Açúcar.

Consta nos autos que no dia do crime, Jurandir e sua companheira, Géssica Pereira Lima, popularmente conhecida como “Ratinha”, presa no final da tarde de ontem pela Polícia Civil, estavam nas proximidades do Mercado Municipal fazendo o consumo de drogas, quando “Ratinha”, com a participação de Jurandir, começou a esfaquear Giliarde, que morreu ainda no local.


As investigações também apontaram que o motivo do crime seria a disputa entre eles pela venda de drogas.

Jurandir foi preso depois de tentar sorrateiramente “visitar” a companheira que estava atrás das grades, contudo foi surpreendido pela atenta equipe do plantão policial que deu cumprimento ao mandado.

Publicidade

Veja
Também