Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Em Parauapebas, agentes de saúde mantêm visita a residências para orientar sobre a Covid-19

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A ação “Casa a casa contra a Covid-19” da Prefeitura de Parauapebas chegou ao Cidade Jardim no último final de semana, quando cerca de 90 agentes comunitários de Saúde (ACS) percorreram as ruas do bairro para orientar os moradores sobre as medidas que precisam adotar para enfrentar a pandemia, como o isolamento e o distanciamento social, uso de máscaras e de produtos de higiene.

Com a segunda fase do Plano de Flexibilização do Distanciamento Social e Retomada da Atividade Econômica no contexto da Pandemia da Covid-19 em Parauapebas, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio do departamento de Atenção Primária à Saúde (APS), distribuiu os agentes pelas ruas para as rotineiras visitas domiciliares


  • Nos próximos finais de semana, os ACS voltarão às ruas dos bairros que ainda não possuem cobertura de Estratégia de Saúde da Família, com oito objetivos:
  • Orientar a população sobre a doença, medidas de prevenção e sinais/ sintomas;
  • Orientar sobre o funcionamento das cinco Unidades Básicas de Saúde que estão, nesse período de pandemia, atendendo exclusivamente pessoas com sintomas do coronavírus. São as Unidades Polos dos bairros da Paz, Guanabara, Jardim Canadá, Liberdade I e Minérios;
  • Orientar que crianças menores de 5 anos e idosos a partir de 60 anos, com sinais e sintomas da doença, devem procurar as Unidades Polos para atendimento;
  • Orientar sobre o Disk Covid, que pode ser acessado pelo whatsapp (31) 98625-3239;
  • Realizar busca ativa de casos suspeitos de coronavírus;
  • Realizar busca ativa, quando solicitado, a casos de pacientes que se enquadrem no grupo de risco;
  • Orientar que procurem as UBS de retaguarda (Altamira, Casas Populares, Cidade Nova, Fortaleza, Liberdade II, Novo Brasil, Rio Verde e VS-10) para atendimento de pessoas com doenças crônicas, gestantes e quadros agudos de doenças que não estejam relacionadas aos sintomas da Covid-19;
  • Orientar sobre a campanha de vacinação de influenza e sarampo que está sendo realizada nas unidades de retaguarda durante a semana e aos sábados.

“Esse trabalho é muito importante para a população, pois todos devem ter a conscientização de que terá a flexibilização do isolamento social, porém a transmissão do vírus continua acontecendo. Por este motivo, é necessário que as medidas de prevenção continuem acontecendo”, alerta a agente comunitária de Saúde, Sandra Djane.

“A visita domiciliar é uma importante ferramenta para informar e fazer a busca ativa de casos suspeitos e acompanhamento dos mesmos. É importante alertar que todos os agentes comunitários de Saúde estão devidamente uniformizados e que a população pode receber esses profissionais em suas residências tranquilamente. Essa é mais uma ação pensada no bem-estar dos munícipes que o governo planejou”, ressalta o secretário municipal de Saúde, Gilberto Laranjeiras.

Publicidade

Veja
Também