Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Em Parauapebas, homem mata cunhado após bebedeira

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A reportagem apurou informações sobre a motivação do crime junto a Anaele Alves. “O meu marido me deu um tapa na cara faz tempo, daí meu irmão ficou sabendo e eles começaram a discutir sobre isso, eu percebi a discussão deles quando a gente ainda estava no bar, eu perguntei, mas eles afirmaram que não era nada. O meu marido saiu do bar e disse que eu esperasse ele por lá, porém meu irmão pediu para virmos embora pra casa. Perto de casa, eu vi o Josivane e ele disse que eu era muito covarde, foi quando eu subi na garupa da moto e perto de casa ele ordenou que eu descesse, se não iria me matar”, explicou Anaele.

A mulher afirmou que desceu da moto e correu para casa dela, ao chegar, percebeu que o irmão arrumava a bolsa. “Perguntei a ele o que era aquilo, ele disse que ia embora, depois de muita insistência da minha parte, ele respondeu que o Josivane havia ameaçado ele de morte, também. Depois, o meu marido apareceu com uma espingarda e disparou um tiro, que pegou no meu irmão. Acho que meu irmão tentou me proteger, desconfio que o tiro era pra mim”, lamentou a mulher.


Rafael Alves em foto de identidade

Ao assassinar o irmão da esposa, Josivane fugiu. A polícia já vai providenciar junto a justiça o mandado de prisão contra ele.

Josivane fugiu após matar o cunhado


Publicidade

Veja
Também