Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Empresa se posiciona sobre demora na entrega de resultados de exames para detecção da Covid-19 em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Iniciada no dia 30 de maio, a realização dos exames PCR para detecção do novo Coronavírus vinha cumprindo sua meta com testes realizados em pelo menos 1.500 pessoas por dia.

Para receber o serviço, oferecido pela empresa Testes Moleculares, o paciente só precisa se cadastrar no site www.testesmoleculares.com.br e comparecer ao local no horário previsto quando é coletado o material.
O próximo passo é aguardar que, em um prazo de 24 horas a 48 horas, o resultado chegue no e-mail do paciente e, caso seja positivo, a SEMSA – Secretaria Municipal de Saúde de Parauapebas, aplica os procedimentos necessários para o isolamento e tratamento da doença.


Porém, para alguns pacientes, o prazo para a entrega do resultado estava sendo extrapolado, o que tem gerado inquietude, preocupação e até reclamação em redes sociais, onde, cujos comentários, atribuíam a culpa ao Governo Municipal que, através da SEMSA, em parceria com a Vale, adotou o processo de testagem em massa com o objetivo de ter um diagnóstico da situação do município em relação à presença do vírus.

Provocada pela população através de e-mails e mensagens recebidas via aplicativos de mensagens instantâneas, a equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar fez contato com a empresa (Testes Moleculares) e com a Assessoria de Comunicação da SEMSA para entender e levar aos internautas a resposta procurada em relação ao atraso na entrega dos resultados dos exames.

Em nota, a Testes Moleculares, explica que estão sendo feitos ajustes de problemas técnicos, que provocaram o atraso na liberação dos resultados; porém, explica que os problemas técnicos não interferem, de forma alguma, na qualidade dos testes e dos seus resultados, apenas retardam o processamento dos dados.

A empresa informou ainda que, em busca de trazer essa a solução, o laboratório terá atendimento reduzido por seis dias, a partir deste domingo, 7, até o próximo sábado, dia 13, retomando as atividades nesse dia. Porém, nesse período, o laboratório manterá as atividades apenas para realizar os atendimentos prioritários, pré-avaliados pelo laboratório, de acordo com as informações dadas no momento da realização do cadastro.

Ainda de acordo com o cronograma refeito pela empresa, os exames marcados para o período em que haverá redução no atendimento (de 7 a 12 de junho) serão reagendados, e as pessoas estão sendo informadas por e-mail sobre as novas datas e horários para realização dos testes.

Quanto aos que ainda não se cadastraram, o calendário para agendamento continuará aberto no site da empresa (www.testesmoleculares.com.br), de modo que as pessoas sigam se cadastrando. Além disso, a Testes Moleculares seguirá sem interrupção, neste período, com a coleta de testes nos hospitais públicos da cidade e o envio de suas respectivas análises.

SUCESSO NO SERVIÇO OFERECIDO – Só nos primeiros seis dias em que foram oferecidos os serviços de exame PCR para Covid-19, foram liberados mais de 3.000 resultados para consulta. Os demais resultados serão liberados nos próximos dias, a fim de solucionar o problema do atraso na entrega dos testes realizados nos primeiros dias do programa.

Sendo o PCR o método de maior eficiência, recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como o melhor para conter a pandemia, por seu baixíssimo índice de risco de falsos negativos e positivos – ao contrário dos demais – e por sua capacidade de detectar o vírus desde o primeiro dia de contágio. Os testes têm seguido todos os procedimentos, normas de segurança e protocolos aprovados pela ANVISA (Agência Nacional de vigilância Sanitária).

AÇÕES DE MELHORIAS DE ACESSO – De acordo com informações trazidas pela Prefeitura Municipal de Parauapebas, serão feitas melhorias em vias que dão acesso ao local onde são colhidos o material para a realização dos testes, sendo executadas obras de pavimentação em uma das vias, cujas condições, prejudicadas pela chuva, estão dificultando a passagem dos veículos pelo drive-thru.

Publicidade

Veja
Também