Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Empresário faz manifestação no Centro Administrativo e prefeitura diz que não reconhece a dívida

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Um fato inusitado aconteceu na manhã desta quinta-feira (22) nas proximidades da Centro Administrativo do Município de Parauapebas que fica localizado no Morro dos Ventos.

O empresário Marlúcio Santos, proprietário da empresa Mega Terraplanagem estacionou uma escavadeira na frente da Prefeitura Municipal e colocou uma faixa com a seguinte frase: “Prefeito, paga eu”.


A manifestação foi pacífica e chamou a atenção de muitas pessoas que passavam pelo local e inclusive da equipe de reportagens do Pebinha de Açúcar que entrevistou o empresário.

De acordo com Marlúcio Santos, a manifestação foi motivada por um suposto não pagamento de dívidas por parte da Prefeitura Municipal de Parauapebas por meio da Secretaria Municipal de Obras (SEMOB).

O empresário disse à reportagem que os serviços que não foram pagos foram prestados pela Mega Terraplanagem ainda em maio de 2014. “Na época que o Luciano Huck da Rede Globo de Televisão veio ao município gravar um programa especial, a Prefeitura, através da Secretaria de Obras contratou a nossa empresa para que fizéssemos um serviço para a cidade sair bonita nas imagens, porém, já se passaram mais de um ano e até hoje não recebemos o valor combinado que é superior a R$ 200 mil”, relatou Marlúcio Santos, afirmando que na época o serviço foi contratado pelo então titular da Secretaria Municipal de Obras Raimundo Honório Queiroga Júnior.

Outro lado

A equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar acionou a Assessoria de Comunicação (ASCOM) da prefeitura de Parauapebas, para que a mesma se pronunciasse sobre a manifestação e recebeu a seguinte nota:

“A Prefeitura de Parauapebas desconhece a dívida à empresa Mega, alegada pelo empresário Marlúcio Santos, na manifestação ocorrida na manhã desta quinta-feira, 22, em frente ao Prédio Administrativo.
A Administração Municipal não faz contratos com empresas fora dos procedimentos legais e, portanto, abriu uma sindicância para apurar os fatos”.

Reportagem: Bariloche Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também