Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Escola Terezinha de Jesus abre as portas para mais de 400 mães

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Morenas, negras e brancas; altas e baixinhas; magras, cheinhas e fofas. Eram quase 400. Brincaram, dançaram, comeram e riram muito. E assim as mães do Bairro Cidade Jardim e adjacências comemoram seu “Segundo Domingo de Maio” esta semana na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Terezinha de Jesus. Foi uma festa muito bacana, organizada e promovida pela equipe de gestores, coordenadores, professores, demais funcionários e também pelos estudantes da unidade de ensino. E, claro, o Portal Pebinha de Açúcar resolveu registrar o evento.

Desta vez, os alunos não estiveram presentes. As protagonistas eram as mães deles, que tiveram uma manhã de diversão, participando daquela que seria uma confraternização, mas se tornou uma ação comunitária, já que a Terezinha de Jesus conseguiu realizar com sucesso um de seus papéis mais nobres: trazer e fazer a comunidade se envolver com a escola.
“Foi ótimo tudo aqui. Ganhei presente, comi e brinquei bastante. Fazia tempos que não brincava igual uma menina”, elogiou a mãe Rita de Cássia Nascimento, destacando que “a organização do evento está de parabéns”.


Direção, coordenação e toda a equipe de profissionais da escola desdobraram-se para organizar a festinha para as mães do Bairro Cidade Jardim, que tem 25 mil habitantes. Na Terezinha de Jesus, que tem bastantes professores criativos, as dificuldades para realizar um evento grande são as mesmas de qualquer escola do Brasil. Porém profissionais da escola, com muita força de vontade e trabalho coletivo, conseguiram garantir o brilho e o sucesso da festa, com louvor.

INTERAÇÃO SOCIOESCOLAR

Sorteio de brindes, com direito à hidratação capilar, lanche, brincadeiras, música ao vivo e fotos: teve de tudo. Para a coordenadora Renilma Pereira, o esforço valeu a pena. “Eu me sinto realizada, como profissional de educação, por, junto com minhas colegas, termos conseguido atingir o objetivo de trazer as mães a nossa escola em massa”, comemora.

De acordo com a diretora Ivone Marçal, eventos dessa natureza reforçam o papel da escola de estar presente para além dos muros. “O processo educacional não se encerra apenas no portão da escola ou está restrito aos muros escolares e à sala de aula. Pelo contrário, a família é o complemento, e a base principal, desse processo”, explica a educadora. “O envolvimento dos pais com a escola, ainda que em datas simbólicas, é positivo porque temos a oportunidade de mostrar a eles que nosso trabalho é para todos, inclusive para eles mesmos”, completa.

A partir da premissa de que pais motivados com a escola estimulam os filhos a estudarem mais, a EMEF Terezinha de Jesus usa o envolvimento dos responsáveis pelos alunos como uma das estratégias para alavancar a qualidade do ensino ofertado. Escola nova e estreante no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em 2013, a Terezinha de Jesus, de acordo com a gestora Ivone Marçal, poderá bater as metas de aprendizagem do Ideb antes mesmo do previsto para 2021, se os estudantes e as famílias estiverem mais motivados e envolvidos no processo educacional.

Em declaração ao Portal Pebinha de Açúcar, o secretário de Educação, Raimundo Neto, elogiou a comemoração realizada na escola, observando que, quando o entusiasmo dos pais pela escola chega aos filhos, a sociedade inteira é beneficiada. “O orgulho com a escola passa a ser disseminado e todos passam a se envolver mais com os acontecimentos escolares. Isso é muito positivo para o processo de ensino e aprendizagem”, finaliza o titular da Secretaria Municipal de Educação.

Publicidade

Veja
Também