Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Escolas de Curionópolis promovem programações de reflexão do Dia da Consciência Negra

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Para comemorar o dia da Consciência Negra, a Secretaria Municipal de Educação (SEMED) de Curionópolis promoveu mais uma estratégia de integração entre corpo docente e alunos das escolas do município.

Durante o período letivo desta terça-feira (20), as escolas realizaram programações em reflexão ao Dia do Respeito a Consciência Negra. Alunos participaram fazendo a apresentação de danças, culinária africana, expressão de artes e desfiles de beleza negra.


Em sala de aula os alunos receberam conteúdo didático voltado para o ensino e reflexão da cultura afro-brasileira e africana. “Nós temos que respeitar todo mundo, não pode ter preconceito”, disse a aluna Lana Dutra, do 4º ano, ao ser questionada sobre o que aprendeu do Dia da Consciência Negra. Na turma da Lana, a professora trabalhou o tema com interpretação de texto e todos tiveram que produzir uma redação sobre o tema.

A professora Jaqueline dos Santos, que ministra aula no 3º ano na Escola Adventista Maranata, explicou que cada escola ficou responsável por organizar uma programação dando aos alunos a oportunidade de mostrar seu aprendizado.  “Hoje as crianças estão apresentando o que aprenderam durante a semana anterior em sala de aula sobre a importância de se respeitar a diversidade”, disse ela.

A ação é importante no município, pois permite ao aluno refletir e conhecer toda a diversidade cultural em que o brasileiro está inserido. Também fortalece o sentimento de respeito e a valorização de todas as etnias dentro das relações na escola.

“A direção junto com os professores se reuniram e planejaram essa programação. O trabalho foi realizado em equipe, as tarefas foram divididas, os conteúdos foram ministrados para os alunos em classe e hoje estamos presenciando o resultado. Ver os alunos envolvidos e resgatando a nossa cultura é muito importante”, disse Maria Dalva da Silvada, diretora da Escola São Benedito.

Sobre a data 20 de novembro

O Dia da Consciência Negra é comemorado em 20 de novembro em todo o território nacional. A data faz referência ao dia da morte de Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo de Palmares, que lutou para preservar o modo de vida dos africanos escravizados que conseguiam fugir da escravidão. A importância da data está no reconhecimento dos descendentes africanos na constituição e na construção da sociedade brasileira.

Publicidade

Veja
Também