Estado autoriza benefício do ‘Recomeçar’ para desalojados pelas enchentes em Marabá

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Começou neste sábado (22), às 8 h, no Centro Regional de Governo do Sudeste do Pará, em Marabá, o cadastramento ao Programa “Recomeçar”, criado pelo Governo do Pará, que agora vai beneficiar famílias que estão desabrigadas e desalojadas por conta das enchentes no município. A iniciativa prevê o pagamento, em parcela única, de auxílio financeiro voltado à reconstrução dos imóveis danificados pelas águas.

A Defesa Civil classifica como “desalojados” aqueles que foram obrigados a deixar suas casas para morar, temporariamente, em casas de parentes, amigos ou vizinhos. São as famílias que não tiveram a necessidade de estar em abrigos públicos.


Nesta fase de cadastramento, os atendimentos ocorrerão gradativamente e por ordem alfabética de beneficiários que constam de uma lista oficial. Quem estiver na lista deverá comparecer ao Centro Regional de Governo com RG, CPF, conta de luz da residência atingida e o Cadastro Único (CadÚnico). O governo do Estado reforça que não é necessário o deslocamento até a Defesa Civil Municipal.

Auxílio financeiro – O Programa “Recomeçar” concede em situações emergenciais auxílio financeiro, em parcela única, a famílias em situação de vulnerabilidade social. De acordo com o decreto do governo do Estado, o programa vai atender vítimas de calamidade pública ocorrida no primeiro semestre de 2022, e em situação de emergência ocasionada pelas fortes chuvas, deslizamentos, inundações, enxurradas e alagamentos.

O objetivo do governo é oferecer às famílias um valor que possa ser utilizado na reconstrução dos imóveis danificados pelas águas. Para ter acesso ao benefício, a família deve ter renda mensal de até três salários mínimos e residir em imóvel atingido diretamente pelas fortes chuvas, de forma grave.

Serviço: O Centro Regional de Governo do Sudeste do Pará fica na Rodovia BR-222, nº 5210, no Núcleo Nova Marabá

veja também