Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Estudantes da rede estadual de Parauapebas se reúnem com cúpula da SEDUC

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Uma comitiva com mais de 40 estudantes, que dividida representou 15 escolas e nove entidades ligadas à educação do município de Parauapebas, esteve em Belém na última quarta-feira, 21.Uma comitiva com mais de 40 estudantes, que dividida representou 15 escolas e nove entidades ligadas à educação do município de Parauapebas, esteve em Belém na última quarta-feira, 21.

Os estudantes se reuniram com a cúpula da Secretaria de Estado de Educação, na Assembleia Legislativa do Estado do Pará (ALEPA), onde a secretária adjunta de educação, Marileia Sanches, Roberto Damasceno, Secretário adjunto de logística, Roberto Alves, secretário adjunto de ensino e Raul Feitosa, procurador jurídico os receberam.


Entre as demandas apresentadas pelos estudantes estão: 

• A licitação para reforma e ampliação da Escola irmã Dulce;• Mudança de local da escola anexo 04 do Eduardo Angelim, no bairro Novo Horizonte;

• Retomada da obra da escola técnica e escola Janelas para o mundo, ambas no Cidade Jardim;

• Reivindicações por servidores para as escolas estaduais, transporte, carteiras e merenda escolar;

 

Quem acompanhou os estudantes foi o Coordenador Municipal de Juventude de Parauapebas, Rafael Ribeiro; ele comemora que, entre as respostas positivas que a SEDUC apresentou, estão a entrega de mil cadeiras novas para ser distribuídas entre as escolas, bem como a abertura do processo licitatório para reforma da escola Irmã Dulce, ainda para este mês de junho de 2017; Sobre a escola Janelas para o Mundo, o processo licitatório para retomada da obra está previsto para o mês de agosto, bem como a Escola técnica que está com projeto em fase final para ser encaminhado para licitação, o que deve ocorrer até o mês de setembro.

A viagem à Belém faz parte de um compromisso feito pelo prefeito Darci Lermen, na ocasião da Plenária dos Estudantes Secundaristas ocorrida em maio, quando o gestor se colocou à disposição para resolver os problemas que fossem do município de Parauapebas e garantiu apoio aos estudantes para que eles pudessem levar até a SEDUC as demandas de responsabilidade do Estado, já que o município atualmente é mantenedor de funcionários de apoio nas escolas estaduais, além de outras obrigações que são do Estado, porém, é a prefeitura que vem fazendo para não deixar os alunos prejudicados.

De acordo com o deputado estadual João Chamon, este diálogo se faz mais que necessário, pois Parauapebas, pela sua grandiosidade em termos de importância para a balança comercial do Estado, bem como do seu crescimento populacional, precisa ter revisto os investimentos oferecidos pelo governo do Estado, principalmente na área da educação. “Na Alepa, faço constantemente este debate sobre a educação no Pará e sempre estive acompanhando de perto os pleitos oriundos de Parauapebas, que por tudo que oferece ao nosso Estado merece ser tratada com mais atenção. Nosso objetivo em organizar está reunião foi de estreitar este diálogo, que desta vez, passou a ser direto, entre estudantes e a SEDUC. Saio muito satisfeito com os desdobramentos e em breve espero poder compartilhar com toda a comunidade desta querida cidade os avanços e concretização das respostas que escutamos da cúpula da SEDUC”, afirmou o deputado João Chamon, que intermediou a reunião e também participou das discussões.

Reportagem: Francesco Costa / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também