Publicidade

Evento “Um Dia no Parque” é sucesso na Floresta Nacional de Carajás

A ação promovida pelo Instituto Chico Mendes de Conservação Biodiversidade (ICMBio), em parceria com a Prefeitura de Parauapebas, por meio da Coordenação de Uso Público da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e a empresa VALE, movimentou o Parque Zoobotânico Vale no último domingo (21/7). Realizado de forma inédita no município, o evento ”Um Dia no Parque” proporcionou a mais de 2.300 pessoas o contato com a natureza, com o objetivo de mostrar a importância da preservação da Floresta Nacional de Carajás e incentivar a visitação pública e o ecoturismo no interior da Unidade de Conservação.
A programação contou com três espaços de lazer no interior do parque Zoobotânico: a estação Kids, Harpia e Zoo. Teve jogos educativos e brincadeiras para crianças e adolescentes, pintura de rosto, pintura com desenhos de animais da floresta, exposições como do ninho da Harpia em tamanho real e com réplica de ovos, palestras, contato com a fauna e a flora, bem como uma imersão na floresta através de um passeio pela trilha Lagoa da Mata. A iniciativa fez parte da campanha nacional idealizada pela Coalizão Pró UCs e voltada para incentivar o conhecimento e a visitação nas Unidades de Conservação (UCs) em todo país.
“O evento foi um sucesso total tanto pela quantidade de público presente, quanto pelo engajamento dos parceiros, como a Coordenação de Uso Público, a Vale e os voluntários do ICMBio, mas principalmente pelo encantamento das pessoas com a Floresta Nacional de Carajás e a sensibilização sobre a necessidade de preservação de sua beleza e riqueza naturais”, diz o coordenador das Ações de Uso Público das Unidades de Conservação Federais do ICMBio, Marcel Regis.
Floresta Nacional de Carajás 
A Floresta Nacional de Carajás é uma unidade de conservação gerida pelo ICMBio. São cerca de 330 mil hectares de Floresta Amazônica nativa preservada, o equivalente a 460 mil campos de futebol. Nela, mais de mil espécies de animais são protegidos. Menos de 2% de toda essa área está ocupada pela atividade minerária, que apoia as ações de proteção e de conservação da unidade.
A Unidade de Conservação compõe o conjunto de seis unidades de Carajás, além da Floresta Nacional do Tapirapé Aquiri, Floresta Nacional do Itacaiunas, Área de Proteção Ambiental do Igarapé Gelado, Reserva Biológica do Tapirapé e Parque Nacional dos Campos Ferruginosos.

Compartilhe essa notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Tags

Veja também

Fechar Menu