Ex-funcionário é preso por subtrair mercadoria avaliada em R$ 50 mil da empresa onde trabalhou

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Suspeito de ter subtraído da empresa onde trabalhou, tendo dela pedido demissão, Edivan dos Prazeres Pereira virou alvo de investigação, tendo sua residência revistada por uma guarnição da Polícia Militar, onde, de fato, foram encontradas as peças procuradas.

De acordo com Cleiton Israel Moraes da Cruz, representante da empresa Ápia, ex-local de trabalho do acusado, a suspeita recaia sobre ele já que, dias depois de haver pedido demissão, as peças (dois módulos de motor da escavadeira volvo no valor de R$ 25 mil cada) haviam sumido do depósito.


A guarnição policial foi até a casa de Edvan, encontrando-o nas proximidades de sua residência, onde foi feito abordagem no mesmo, e, por notar seu nervosismo, a polícia pediu para revistar sua moradia, tendo tido o pronto consentimento, sendo ali localizados os dois módulos.

Diante do flagrante, ocorrido na manhã de ontem, sexta-feira (2), Edvan foi conduzido para a 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, juntamente com os objetos furtados, onde foram aplicadas as medidas cabíveis.

veja também