Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Ex-governador Simão Jatene tem contas rejeitadas na Alepa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Alepa aprovou, nesta terça (1º), por 34 a 6, o decreto que rejeita as contas do ex-governador Simao Jatene (PSDB). A votação foi secreta, mas os deputados Toni Cunha, Eliel Faustino, Thiago Araujo e Delegado Caveira se manifestaram publicamente contra o decreto, ou seja, pela aprovação das contas.

As contas são da gestão do ano de 2018 do ex-governador. Aprovadas à unanimidade pelo TCE, em setembro do ano passado, foram rejeitadas pela Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária da Alepa e foram a Plenário para análise, com a presença do ex-governador, que se pronunciou.


Wanderlan Quaresma (MDB), relator do processo na comissão de Constituição e Justiça, leu o seu relatório de 62 páginas e votou pela rejeição das contas. O parecer do relator, aprovado na CCJ, foi pela rejeição das contas. Ele manteve entendimento do Ministério Público de Contas do Estado, que se manifestou pela rejeição.

Jatene falou por uma hora e 40 minutos e lembrou que o processo retornou e foi votado uma segunda vez na comissão. “Lamentavelmente, o relatório que foi lido está eivado de formulações que são contrárias ao que diz o relatório do Tribunal de Contas do Estado. Não quero utilizar a expressão mentira, mas falta com a verdade”, criticou.

“Essa tentativa [de rejeitar as contas] é apenas mais um equívoco de um processo cheio de equívocos que estamos vivendo”, afirma o ex-governador do PSDB.

Publicidade

Veja
Também