Ex-vereador tem ossada identificada pelo Instituto Médico Legal de Marabá

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A ossada humana encontrada em uma área de mata próximo da PA-287, entre os municípios de Redenção e Cumaru do Norte, sudeste paraense, pertence ao candidato a vereador de Redenção e ex-presidente da Associação de Pessoas com Epilepsia de Redenção, Cícero José Rodrigues de Sousa. A informação foi confirmada pela perícia do Instituto Médico Legal (IML), de Marabá, também no sudeste do Estado.

Cícero havia desaparecido no dia 20 de outubro de 2020 e, segundo a Polícia Civil, há uma perfuração, supostamente de bala, no lado de trás do crânio. Inclusive, quando os restos mortais foi achado por um caçador, um projétil de bala foi encontrado ao lado.


Cícero era vereador e ex-presidente da Associação de Pessoas com Epilepsia de Redenção.
Cícero era vereador e ex-presidente da Associação de Pessoas com Epilepsia de Redenção. (Foto: Divulgação)

 

 

Na época em que desapareceu, câmeras de segurança gravaram a vítima saindo de uma agência bancária, em Redenção. Quadro pessoas foram presas, suspeitas de envolvimento com o crime. Um policial militar (que ainda está preso), dois advogados e um ex-vereador (que atualmente estão em prisão domiciliar).

Conforme o promotor de justiça Leonardo Caldas, a autoria e a materialidade do delito já estão evidenciadas e os acusados serão submetidos a julgamento.

O motivo do crime, segundo a Polícia Civil, está possivelmente relacionado à associação que Cícero presidia à época. Familiares da vítima saíram de Redenção para Marabá, onde participaram do translado e realizaram a despedida fúnebre em Redenção.

veja também