Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

EXCLUSIVO: Irmão detalha sobre morte no réveillon em Canaã. Vítima fatal tinha 21 anos e morava em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Multidão compareceu ao evento que teve que ser interrompido por conta do atentado

Os primeiros minutos do ano de 2020 no município de Canaã dos Carajás foram marcados por muita violência. O que era para ser uma festa bastante organizada, por parte da Prefeitura Municipal, com a participação de uma das atrações musicais mais “estouradas” do momento no Brasil, a banda Os Barões da Pisadinha e uma belíssima queima de fogos, infelizmente terminou em tragédia.

Era por volta das 00h40 da manhã desta quarta-feira (1), quando uma multidão se encontrava nas proximidades do Bosque Gonzaguinha, participando do Réveillon 2020, quando um homem acabou sacando uma arma e fazendo os disparos de pelo menos quatro tiros, atingindo três pessoas.


Infelizmente, os tiros acabaram atingindo e matando um homem de 21 anos de idade identificado como Jeovane Batista Belém, morador de Parauapebas que trabalhava como jovem aprendiz na mineradora Vale. Jeovane é natural de Miranda do Norte-MA. Outras duas pessoas foram baleadas, porém, não correm risco de morte.

A equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar conseguiu, com exclusividade, conversar com um irmão de Jeovane, que descreveu como ele acabou sendo morto. “O fato ocorreu por volta de 00h40, a festa tinha começado a pouco tempo. Estávamos lá de boa, aí começou a confusão atrás da gente, acho que as pessoas estavam alteradas, não vi confusão nenhuma, viramos para trás, quando escutamos os tiros, começou a confusão e identifiquei meu irmão baleado. Ele chegou a correr, mas caiu logo depois. Uma ambulância estava no local da festa e deu atendimento para as outras duas pessoas baleadas. Tinham uns médicos lá que falaram que meu irmão já estava sem pulso e pediram para aguardar a polícia chegar para a retirada do corpo. Eu particularmente não vi nenhuma confusão, fui apenas tirar o pessoal e vi meu irmão baleado”, relatou o irmão da vítima que pediu para não ser identificado.

Perguntado pela reportagem se ele já tinha visto antes o homem que atirou na multidão e acabou matando seu irmão, ele afirmou: “Nunca tinha visto antes o atirador. Depois da confusão a polícia mandou parar a festa alegando que não tinha como dar segurança aos presentes”, relatou o irmão da vítima fatal, que veio do Maranhão para passar a virada de ano em Canaã dos Carajás.

Foto de documento da vítima fatal

 

A reportagem do Portal Pebinha de Açúcar também entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Canaã dos Carajás, que na oportunidade afirmou que as polícias Civil e Militar já estão investigando o caso, inclusive, seguem com a linha de que tenha sido um crime passional, onde uma mulher identificada pelo prenome de Thais seria o alvo. Ela foi baleada na região do pescoço, mas não corre perigo de morte. Um homem identificado pelo prenome de Eduardo também acabou sendo baleado e apesar de ter sido encaminhado ao hospital, passa bem.

Ainda de acordo com informações repassadas pela Ascom ao Pebinha de Açúcar, as autoridades policiais já sabem a identidade do atirador, inclusive têm fotos dele, porém, para não atrapalhar as investigações, nossa reportagem não irá postar a identidade do acusado.

Ainda pela madrugada, o prefeito Jeová Andrade se pronunciou sobre o crime ocorrido na festa da virada em Canaã dos Carajás, confira na íntegra: “Já teve tantos eventos grandes, com público até maior que hoje. Graças a Deus, nunca tinha dado confusão. Infelizmente aconteceu esse fato lamentável, que tirou o brilho da festa que tinha uma grande multidão pra divertir, comemorando a chegada do ano novo. Todas as festas, têm policiais, seguranças de apoio, Corpo de Bombeiros, Equipe do Trânsito, etc. Não faltou organização e nem segurança. Um evento aberto, falar que faltou planejamento, que faltou segurança! Em lugar nenhum do mundo tem segurança ou planejamento que possa garantir para alguém, que é 100% seguro. Que Deus abençoe e console à família da vítima”.

Através de nota, a Assessoria de Comunicação (Ascom) da Prefeitura de Canaã se manifestou sobre o caso também pela madrugada: “A prefeitura de Canaã dos Carajás lamenta profundamente o incidente ocorrido na madrugada do dia 1º de janeiro, durante o show da banda Os Barões da Pisadinha.
Um elemento armado cometeu um atentado a tiros em meio à multidão e feriu gravemente três pessoas, sendo que uma delas acabou morrendo.
A prefeitura reforça que a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, segurança particular e ambulância da rede municipal de Saúde estavam no local e cumpriam seus deveres, porém, tudo indica que o caso se trata de uma execução.
Para garantir a segurança de todos os presentes, o show foi interrompido. As autoridades policiais já estão investigando o crime. Em breve, mais informações sobre o caso”.

Publicidade

Veja
Também