Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Expectativa tomou conta dos estudantes na última etapa do Enem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Após segundo dia de provas, expectativa agora é pelo resultado do exame

A segunda e última etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019 terminou neste domingo (10) em clima de expectativa e tranqüilidade na maioria das escolas estaduais do Pará. Em Belém, antes mesmo dos portões abrirem, ao meio-dia, os candidatos já formavam filas em frente às unidades de ensino para não correrem o riso de chegar atrasados.


Adson Quaresma, de 18 anos, foi um dos primeiros a chegar ao Instituto de Educação Deodoro de Mendonça, no bairro de Nazaré, em Belém. O estudante realizou o Enem pela segunda vez e sonha cursar Administração. Ex-aluno de escola pública e sem condições de pagar um cursinho, Adson passou o ano inteiro estudando em casa. Mas garante que fez uma boa preparação e está confiante na aprovação. “Minha expectativa está bem alta, acho que dessa vez eu entro”, declarou.

Assim como na primeira etapa, nesta segunda prova os portões fecharam as 13h. A entrada no local de prova é um momento de troca de expectativa entre estudantes e familiares, que fazem questão de acompanhar os filhos até o último momento. Na Escola Estadual Vilhena Alves, em Belém, a estudante Luana Barbosa, de 17 anos, chegou à escola acompanhada da mãe, Elisângela Jardim e dos dois irmãos. A mãe estava nervosa e diz que sonha com a aprovação da filha. Momentos antes da prova, a família trocou abraços e desejou o último boa sorte à futura universitária “Quero muito que ela passe, será uma grande alegria termos a primeira universitária da família”, comenta Elisângela.

A Bruna Rafaela Pires também chegou ao local de prova acompanhada dos pais, que aproveitaram a oportunidade para passar confiança à filha. Bruna já está se formando no curso tecnológico de Design de Interiores e, por ser muito jovem, aos 19 anos, ela quer realizar o sonho de cursar enfermagem. “A aluna também estudou em casa e reforçou a preparação com os aulões de fim de semana e pela internet. “Esperava mais da prova passada, mas estudei bastante e estou confiante que vou me sair bem”, afirma.

Nesta segunda etapa os candidatos tiveram cinco horas para responder a 45 questões de Ciências da Natureza e 45 de Matemática. Após duas horas do início da prova, Dayse dos Santos foi a primeira a deixar a Escola Estadual Raimundo Vera Cruz, em Ananindeua, onde realizou o Enem. Ex-aluna de escola pública, a candidata diz que não é muito boa em cálculo, mesmo assim acredita ter feito uma boa prova. “Tenho certeza que me esforcei, que dei o meu máximo. Estou muito confiante e aliviada de ter terminado a maratona de estudos”, declarou Dayse.

De acordo com o cronograma do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o gabarito das provas e dos cadernos de questões será divulgado na próxima quarta-feira (13). Já o resultado final está previsto para janeiro de 2020.

Apesar da espera, quem conseguiu levar os cadernos de questões para casa poderá ter uma ideia do número de acertos com a divulgação dos gabaritos, que será já na próxima terça-feira, 13. Os cadernos de questões também serão disponibilizados no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Cronograma:

– 13 de novembro: Publicação dos gabaritos e dos cadernos de questões, no site do Enem, aplicativo do Enem e portal do Inep.

– Janeiro de 2020: resultados individuais para quem conclui o ensino médio em 2019 na Página do Participante.

– Março de 2020: Resultados individuais dos “treineiros” e divulgação da vista pedagógica da redação na Página do Participante.

Publicidade

Veja
Também