Exposição questiona marcas que deixamos no meio ambiente

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Os quadros foram produzidos por alunos do 4º e 5º ano, sob supervisão da professora e artista Celeste Mendes e ficam em cartaz até 31 de janeiro no Centro Cultural de Parauapebas

Como o entorno permeia o nosso existir? A cada percurso deixamos diversas marcas no espaço, transformamos objetos e vivemos em constante modificação do ecossistema. É com esta provocação que a exposição “Natural de Onde Venho” estreia nesta quarta (13), às 19h, no Centro Cultural Parauapebas. Depois de três meses em cartaz na Casa da Cultura de Canaã dos Carajás, a montagem apresentará aos parauapebenses oito obras inéditas.


Os quadros, produzidos por alunos do 4º e 5º anos da Escola Teotônio Vilela, em Canaã dos Carajás, sob a supervisão da professora Celeste Mendes, exaltam a importância da preservação do meio ambiente. De caroços de manga a cipós, as obras foram confeccionadas com diversas matérias-primas encontradas nos arredores da escola e das residências dos alunos.

Amparado por um projeto da Secretaria Municipal de Educação de Canaã dos Carajás, que propunha o compartilhamento de experiências entre a natureza e o espaço geográfico, os quadros estão hoje distribuídos nas mais diversas instituições do município de Canaã dos Carajás, incluindo o gabinete do prefeito da cidade.

Os quadros, produzidos por alunos do 4º e 5º anos da Escola Teotônio Vilela, em Canaã dos Carajás, sob a supervisão da professora Celeste Mendes, exaltam a importância da preservação do meio ambiente. De caroços de manga a cipós, as obras foram confeccionadas com diversas matérias-primas encontradas nos arredores da escola e das residências dos alunos.

Amparado por um projeto da Secretaria Municipal de Educação de Canaã dos Carajás, que propunha o compartilhamento de experiências entre a natureza e o espaço geográfico, os quadros estão hoje distribuídos nas mais diversas instituições do município de Canaã dos Carajás, incluindo o gabinete do prefeito da cidade.

Publicidade

veja também