Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Falta de água volta a ser um dos maiores problemas da administração de Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Por mais que o município de Parauapebas conte com um rio considerado de grande porte, que tem água mais que suficiente para atender a sua população que é estimada em mais de 250 mil habitantes, a administração pública vem enfrentando dificuldades, e com isso, grande parte dos munícipes da cidade, vem sofrendo na pele com o problema da falta de água.

Melhorou
Logo no início da Gestão do Prefeito Valmir Queiroz Mariano (PSD), o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas (SAAEP), foi assumido por Gesmar Rosa, que na época não tinha nenhuma experiência com água, porém, chamou a responsabilidade para si, montou uma ótima equipe técnica e em poucos meses mostrou que queria mesmo resolver, ou pelo menos amenizar o problema da água que foi uma dor de cabeça enorme para os prefeitos anteriores de Parauapebas.


Ao comando de Gesmar, com total apoio do prefeito Valmir Mariano, o SAAEP apresentou melhorias significativas, investimentos altíssimos foram liberados, obras importantes foram inauguradas e o líquido precioso foi chegando cada vez mais em vários bairros do município.

Os investimentos foram tão altos, que até mesmo a zona rural foi beneficiada, e inclusive um dos maiores programas de água e esgoto já anunciados em Parauapebas foi iniciado no Complexo Altamira.

Água "potável" fornecida pelo SAAEP está chegando amarelada nas torneiras de muitos bairros
Água “potável” fornecida pelo SAAEP está chegando amarelada nas torneiras de muitos bairros

Piorou
Mas como nem tudo ocorre nas “mil maravilhas” no Governo do Prefeito Valmir Mariano, pouco antes das eleições de 2014, Gesmar Rosa, até então titular do SAAEP, pediu afastamento do cargo, após articulação política do prefeito, que o indicou como candidato à Deputado Estadual, inclusive na campanha afirmou que Gesmar era o seu candidato oficial.
Rosa se saiu bem nas eleições, obteve milhares de votos, porém não conseguiu uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado do Pará (ALEPA), ficando como primeiro suplente de sua coligação.

Após as eleições, Gesmar não voltou ao posto de Coordenador do SAAEP, permanecendo em seu lugar o senhor Paulo Galdino, que tentou manter os trabalhos executados com sucesso por Gesmar, porém, não obteve o sucesso esperado e problemas diversos por vários bairros da cidade vieram à tona e consequentemente a população que já estava se adaptando às mudanças positivas que o SAAEP vinha oferecendo, voltou a sofrer com o problema cônico da falta de água.

Troca-troca
Logo no início de 2015, o Prefeito Valmir Mariano percebeu que o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas não estava prosseguindo com os avanços, e decidiu fazer mudanças na autarquia.
Nesta terça-feira (13), Paulinho Galdino foi exonerado pelo prefeito, e em seu lugar, assumiu o até então Chefe de Gabinete do Prefeito, senhor José de Fátima, que foi reposicionado para assumir o SAAEP.

Com a mudança, a população de Parauapebas espera contar com água de qualidade nas torneiras, tendo em vista que atualmente, a grande maioria dos bairros da cidade está com problemas relacionados à falta de água.

Reportagem: Bariloche Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar
Fotos: Arquivo / Antônio Cícero

Publicidade

Veja
Também