Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Família circense deixa profissão e quer recomeçar vida em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Uma vida dedicada a fazer a alegria das pessoas, mas agora tem como pausa momento de tristeza e necessidade.

Esta família trabalhava em um circo, deixou a profissão e está morando em um trailer, coberto de lona.


Aline e Aroldo, artistas circenses, têm três filhos, de 5 e 4 anos de idade, e o mais novo com apenas um mês de nascido.

“Nasci no circo, sou de uma família tradicionalmente circense. Mas não queremos mais trabalhar nesta profissão. Paramos aqui e escolhemos Parauapebas para viver e criar nossos filhos”, conta Aline, esposa de Aroldo, também artista circense, que agora, ao invés dos aplausos no picadeiro, vê sua família vivendo em um trailer inacabado, coberto de lona, e precisando do auxílio da população de Parauapebas para recomeçar sua vida.

Aroldo precisa de trabalho para manter sua família. Mas enquanto não se estabiliza espera contar com a solidariedade das pessoas com cestas básicas, entre outras coisas que atendam suas necessidades.

Para auxiliar esta família a recomeçar sua vida, você pode procurá-los no Bairro Vila Rica, na Rua Espanha, esquina com Rua Luanda, no terreno de um lavajato, onde poderá ver a realidade em que estão.

Para fazer contato por telefone, você pode ligar para (94) 99115-1965 e falar com dona Aline.

Publicidade

Veja
Também