Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Feira do Pescado foi bastante movimentada no primeiro dia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Nas primeiras horas em que foi instalada em Parauapebas, na manhã desta quarta-feira (22), numa área do Centro de Abastecimento de Parauapebas (CAP), ao lado do supermercado HiperSena, a Feira do Pescado começa a agradar a preferência do consumidor, que tem a oportunidade de adquirir peixe de várias espécies de qualidade e preço abaixo do mercado, durante três dias (quarta, quinta e sexta-feira).

De acordo com Haésio Gomes, representante da empresa Forte do Pescado, a feira trouxe a Parauapebas dois caminhões contendo mais de 20 toneladas de pescado distribuídas em 19 espécies de peixes, a maioria da água salgada, com preços a partir de cinco reais o quilo.


Para a consumidora Edivânia Souza Rocha, a iniciativa de o governo estadual, em parceria com a prefeitura local, em trazer produtos de pesca à comunidade é muito louvável. “Achei muito interessante o preço do camarão rosa empanado [R$16 a bandeja] e estou comprando. Só achei meio salgado o preço do camarão rosa a granel, a R$45 o quilo”, explica a dona de casa.

Já Luana Dinelli se disse surpresa com a Feira do Pescado na cidade, “e estou aqui adquirindo alguns produtos do mar, uma novidade em Parauapebas, e ainda mais com preços mais justos”.

Conforme explica Ronaldo Padilha, coordenador de pesca da Sepaq, a Feira do Pescado vem sendo realizada itinerariamente nos bairros de Belém e em cidades do interior do estado, sempre em parceria com as prefeituras.

“Estamos oferecendo peixes para todas as classes sociais, nas espécies de xaréu, sardinha, tainha, dourada, bacalhau, pintado [surubim], gó, salmão, camarão, lagosta e até lula”, enumera o coordenador de pesca da Sepaq.

Entre as espécies mais baratas estão o xaréu com cabeça (R$5 o quilo), sarda inteira (R$6), sardinha inteira (R$8) e gó charuto (R$10). Já o quilo do camarão rosa grande sem cabeça custa R$45, lombo de bacalhau desossado R$45 e cauda de lagosta a R$100 o quilo.

Reportagem: Waldyr Silva
Fotos: Anderson Souza

Publicidade

Veja
Também