Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Feira do Produtor é reinaugurada e volta a reunir bom público

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Na Feira do Produtor de Parauapebas, tudo novinho em folha para dar ao feirante melhores condições de trabalho e também para receber melhor o consumidor que poderá fazer suas compras com mais conforto.

A reinauguração, ocorrida no sábado, dia 12, contou com a presença de várias autoridades que detalharam a respeito da nova configuração do Centro de Abastecimento. “Estamos aqui hoje entregando a nova Feira do Produtor e notando que todos os feirantes e usuários estão felizes”, avalia Selma Dantas, secretária municipal de Urbanismo, lembrando que para que fosse realizada a obra de reforma, os feirantes ficaram 9 meses na área de estacionamento sob barracas, o que ela reconhece não ter sido nada confortável.


Márcia de Jesus, coordenadora da Feira do Produtor, diz que a gestão do centro também passa por mudanças e que com o aumento de espaço, novos feirantes, que já estavam no cadastro reserva, foram trazidos para o local. “Agora estamos com o cadastro atualizado e todo mundo legalizado. Temos o controle de cada revendedor e comerciante. Além disso, o cliente vai chegar e já vai ter uma visão ampla. O produtor ou o feirante não terá mais aquela dificuldade de pensar que sua banca não está sendo visto”, explica Márcia de Jesus.

O secretário de Obras, Wanterlor Bandeira, explicou que outros segmentos serão inseridos na Feira do Produtor, devendo ser lotérica, expediente bancário e ainda rota de ônibus para que o local seja lugar de grande circulação de pessoas. “Ficou um espaço bonito, seguro e confortável; e a satisfação é geral dos comerciantes e também dos clientes”, aprovou Bandeira, detalhando ainda que na nova configuração, a Feira do Produtor de Parauapebas mantém uma a área de quase dez mil metros quadrados em dois pavimentos. No térreo, 66 boxes para a comercialização de diversas espécies de carnes; e no segundo piso, existem 42 lojas, sala de administração e praça de alimentação.

A obra contemplou, entre outros itens, pintura interna e externa; revitalização dos pisos internos; mudança de layout interno, com espaço destinado exclusivamente à praça de alimentação.

Publicidade

Veja
Também