Festival Cidade Junina é encerrado com Duelo de Gigantes, casa cheia e balanço muito positivo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Com um balanço extremamente positivo, foi encerrado neste domingo (3) o 1º Festival Canaã Cidade Junina. O encerramento foi com o Duelo de Gigantes, com a participação de quadrilhas do Pará, Maranhão e Distrito Federal.

A disputa foi acirrada e terminou com o título para a quadrilha Simpatia Junina, do Pará. Em segundo lugar, ficou a quadrilha Matutos do Rei, do Maranhão. Completou o pódio o grupo Sanfona Lascada, do DF, e em quarto e quinto lugar ficaram as quadrilhas Rabo de Palha e Explosão de Cheiro, também do Pará.


Foram 17 dias de festa, com megaestrutura, presença de quadrilheiros de todo o país e casa cheia. “Estamos muito felizes pela participação de todo o mundo, pela oportunidade que a prefeitura de Canaã dos Carajás trouxe até nós. Foi uma festa linda e emocionante”, comentou Carlos André Rodrigues, da quadrilha Junina Canaã.

 

Integrante da quadrilha Sanfona Lascada, do DF, Michael Douglas Barbosa também rendeu elogios ao evento. “O Pará é um lugar muito cultural e sempre fui apaixonado pela cultura brasileira.  Essa força está aqui emanando para todo o mundo e é muito bom pra gente estar aqui representando Brasília”, disse.

á Jonatan Polari, da quadrilha Matutos do Rei, do Maranhão, agradeceu pela “excelente estrutura, pelo excelente tratamento e dignidade para os dançarinos”. “A prefeitura de Canaã dos Carajás, se estivesse hoje concorrendo, seria dez e campeã do evento”, disse.

O presidente da Fundação de Cultura, Esporte e Lazer (FUNCEL), Antônio Carlos Ribeiro, destacou que o evento “teve presença de todo o nosso Brasil trazendo coisas lindas para ser apresentadas”. “É uma sensação de felicidade de poder proporcionar tudo isso para a nossa cidade. 2023 não vai ser diferente. Com certeza vem aí Canaã Cidade Junina 2023”, concluiu.

veja também