Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Festival Jeca Tatu é encerrado com o anúncio das agremiações vencedoras

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Fotos: Felipe Borges

Iniciado no dia 26 de junho, o Festival Junino Jeca Tatu proporcionou 5 noites de muita festa e alegria para os amantes das festividades juninas, sempre realizado no mês em que se comemora os dias de Santo Antônio, São João e São Pedro.

O festival foi encerrado no dia 30, durando cinco noites, período em que movimentou o comércio local, permitindo ainda que muitas pessoas e entidades montassem barracas no espaço festivo para faturar um dinheiro a mais.


Este ano, o Festival Jeca Tatu completou sua XVII edição, tendo todos os anos homenageado personalidades do mundo do forró e da cultura nordestina, berço do arraiá junino. Porém, este ano, foi a vez de homenagear as “pratas da casa”, a chamada homenagem velada, aquela em que o homenageado está presente e faz parte do ato.

Assim, os sanfoneiros de Parauapebas, Juquinha, Monteirinho, Manelim e Zequinha, foram o centro das atenções, sendo, além de homenageados, presentes para os brincantes que escolheram a área reservada ao “bom forró pé de serra”, onde eles revezavam durante as cinco noites tocando para que o público “arrastasse o chinelo” no salão.

 

Nas cinco noites de festas diversas agremiações juninas participaram em nível de competição em suas respectivas categorias, todas trazendo temas dentro da pista em que eram julgadas pelo corpo de jurados técnicos; todas com o objetivo de vencer a competição. Mas, no final, havia apenas um lugar de vencedor no pódio, e este ficou para a quadrilha Rabo de Palha, na categoria caipira; já na categoria estilizada a vencedora foi a Império de São João; e na categoria salão, Explosão de Cheiro.

Publicidade

Veja
Também