Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Fisioterapeuta é vítima de ‘golpe do WhatsApp’ em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Durante a tarde desta terça-feira (9) a equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar foi procurada pelo fisioterapeuta Francimar Rolim, que reside em Parauapebas.

Francimar relata que sua conta no aplicativo WhatsApp no número (94) 98169-1212 acabou sendo clonada e criminosos estão se passando por ele e pedindo dinheiro emprestado para seus contatos. Apesar do fisioterapeuta já ter entrado em contato com o suporte do WhatsApp e comunicado o clone, algumas pessoas já caíram no golpe e perderam dinheiro através da ação criminosa envolvendo seu número de celular.


Como funciona o golpe

O bandido obtém os dados pessoais de um usuário e liga na companhia telefônica como se fosse o cliente. Aí, ele habilita um novo chip de celular com o mesmo número. Com os contatos do usuário em mãos, ele se passa por amigo ou parente e pede dinheiro para contas de laranjas.

Como se proteger

Mantenha sigilo sobre dados pessoais e senhas. Se perceber qualquer movimentação estranha em conta corrente, poupança ou se o celular parar de funcionar repentinamente, entre em contato com o gerente do banco ou companhia telefônica.

O usuário deve também ficar atento a ligações ou mensagens incomuns. Caso perceba que foi vítima de clonagem, registre um boletim de ocorrência.

Francimar Rolim já se deslocou até a 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas e registrou um Boletim de Ocorrência sobre o caso.

Publicidade

Veja
Também