Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Florada dos Ipês deixa Marabá ainda mais atrativa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Marabá, localizada a cerca de 160 KM de Parauapebas cidade está ficando cada vez mais bela e melhor para viver com as melhorias na área da saúde, lazer e qualidade de vida. E nesses últimos dias, com a chegada do verão, as ruas da Nova Marabá recebem mais um atrativo da natureza que encanta os moradores: a florada dos Ipês, nas cores rosa, roxo, branco e amarelo.

Eles estão por todos bairros, e em algumas áreas com maior evidência, como na VP 07, VP 03, VP 08, praças e em frente escolas. Não há quem não tire um pouco do tempo para apreciar tanta beleza e também fazer o registro fotográfico deste momento tão especial que a cidade vive.


Quem ainda não fez este registro fotográfico é bom se apressar, pois a florada dos ipês tem uma duração muito pequena de 3 a 7 dias, dependendo da espécie de cada árvore. O Ipê branco, por exemplo, é o de menor duração, apenas 5 dias.

Os ipês e suas floradas, sejam brancos, roxos, amarelos ou rosas, deixam uma sensação de estar em um imenso jardim dentro da cidade, mesmo que seja num curto período de tempo. E talvez, tenha sido essa sensação que inspira artistas, como inspirou a cantora Marisa Monte e César Mendes a compor a canção Flor do Ipê, que traz em si a sensibilidade de quem não apenas passa, mas que também sente-se tocado pela beleza das flores dos ipês.

Saiba mais sobre os Ipês

Os ipês estão dispersos por quase todo o país. Muitas espécies que produzem flores amarelas, roxas, rosas e brancas são nativas do Brasil. São árvores de grande porte que gostam de calor e sol pleno. Os ipês são caducifolias, ou seja, perdem todas as folhas que são substituídas por cachos de flores de cores intensas.

As floradas ocorrem entre junho e novembro. Primeiro o roxo e o rosa, depois o amarelo e por último o branco. As flores caem durante uma semana, forrando o chão com a cor característica da árvore.  Suas sementes saem das bagas que secam, voando com o vento em direção a um local apropriado para germinar. Os ipês roxos e rosa terminam sua florada em meados de julho e são substituídos pelos amarelos, seguidos dos brancos. (Fonte: Ecovila da montanha)

Confira um trecho da canção “Flor de Ipê”: 

“Quando a noite cai me dá saudade
Quando cai no chão a flor do Ipê
Tenho essa felicidade
Posso recordar você
Na calçada, flores amarelas

Formam um tapete ao pé do ipê
Você não é mais aquela
Mas ainda faz doer”

 

 

Publicidade

Veja
Também