Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

FNL nega que manifestação na Estrada de Ferro Carajás seja em apoio a Lula

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Durante a manhã desta quarta-feira (24), a equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar recebeu a informação de que membros da Frente Nacional de Luta (FNL) estariam realizando uma manifestação e interditando um trecho da Estrada de Ferro Carajás (EFC), em Parauapebas.

As informações obtidas pela reportagem davam conta que os manifestantes estavam realizando os protestos em favor do ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva.


Por volta das 15h30 desta quarta-feira (24), membros da FNL entraram em contato com a redação do Portal Pebinha de Açúcar e informaram que a manifestação não é em apoio ao ex-presidente Lula, e sim, contra a mineradora Vale, que segundo eles, teria acordado a doação de terras ao movimento, porém, não teria cumprido com as promessas.

“Não se trata de uma manifestação a favor do Lula, estamos aqui para buscar nossos direitos e lutar por nossas terras”, relatou por telefone, um homem que se identificou como Francisco Alves.

Vale nega negociação com a FNL

A Assessoria de Comunicação da multinacional Vale encaminhou ao Pebinha de Açúcar uma nota, onde a empresa nega qualquer tipo de negociação em andamento com a FNL, confira na íntegra:

“Integrantes da Frente Nacional de Luta (FNL) interditam, desde a madrugada desta quarta-feira, 24/1, a Estrada de Ferro Carajás, no KM 854 da ferrovia, no município de Parauapebas (PA). A Vale repudia a ação criminosa e ilegal da Frente Nacional de Luta (FNL), que coloca em risco a operação ferroviária, interrompe o transporte de minério, combustível e grãos e afeta mais de 1.300 pessoas das comunidades que usam o trem de passageiros diariamente.
A Vale já registou boletim de ocorrência e adotará as medidas judiciais cabíveis para a desinterdição da via o mais rápido possível. A empresa ressalta ainda que não existe nenhuma negociação em curso entre a Vale e a FNL”.

Publicidade

Veja
Também