Francisco Eloecio pede melhorias para comunidade do Jardim Canadá II e aquisição de clínica móvel

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Vereador Francisco Eloecio

O vereador Francisco Eloecio (PRB) contou na sessão ordinária desta terça-feira (27) que em reunião com membros da diretoria da Associação de Moradores do Bairro Jardim Canadá II recebeu algumas demandas dos moradores do bairro.

Para conhecer de perto a realidade dos moradores, o parlamentar visitou a localidade. Conforme revelou Eloecio, o bairro é antigo, mas seu desenvolvimento está limitado. “Em visita ao bairro, observei as necessidades e dificuldades dos moradores. No que tange a pavimentação asfáltica, a mesma se encontra em condições inadequadas, visualizando o crescente número de buracos e relevos, fazendo com que os residentes do local tenham dificuldades para se deslocar. Além dessa demanda, o local não possui em seu território estruturas físicas básicas, como praça, Unidade Básica de Saúde (UBS), creche e centro comunitário”, destacou o vereador.


Para proporcionar qualidade de vida e bem-estar aos moradores do Jardim Canadá II, o legislador apresentou a Indicação nº 243/2021, solicitando ao Poder Executivo que atenda às demandas exigidas pela Associação de Moradores do Bairro Jardim Canadá II, tais como pavimentação asfáltica, construção de creche, UBS, centro comunitário e uma praça com academia de ginástica ao ar livre.

Ao apresentar a proposição ao plenário, Francisco Eloecio ressaltou que o bairro deve ser cuidado para o bem-estar da população e o desenvolvimento de Parauapebas.

Clínica móvel

Na mesma sessão, o vereador apresentou a Indicação nº 244/2021, que solicita ao Poder Executivo Municipal que viabilize uma clínica móvel para ampliação do Sistema Único de Saúde (SUS) no município de Parauapebas.

Francisco Eloecio iniciou sua justificativa ao pedido lembrando que a saúde é a coisa mais importante para todos nós. “Com o intuito de tornar a população de nosso município mais saudável e cuidada, a criação de uma unidade de saúde móvel é uma iniciativa que ampliará a prestação de serviços e auxílio à saúde das pessoas de uma forma renovadora”, destacou o vereador.

Para a criação da unidade de saúde itinerante, ou clínica móvel, será necessária uma carreta estruturada com consultório e uma sala de triagem. A unidade móvel de saúde pode atender a uma grande cadeia de serviço, sendo eles, por exemplo, serviços médicos e de enfermagem, cadastro no Sistema Único de Saúde, entre outros.

Por fim, Francisco Eloecio assegurou que a unidade é uma iniciativa de ampliação no atendimento à saúde e conjuntamente de conscientização, pois a clínica móvel servirá como um grupo educativo e levará informações a toda extensão do município.

Os serviços que a clínica itinerante pode prestar são muito vastos, podendo ser realizados exames como densitometria, ecocardiograma, mamografia, eletrocardiograma, ultrassonografias, campanha de vacinação e raios-X.

Portanto, é um ganho social muito grande, porque será levado um conjunto de exames tão necessários e pleiteados pela população de Parauapebas, além da capacidade de evitar lotação nas unidades de saúde que já atuam no município.

“A unidade móvel levará de forma clara atendimento eficaz a várias localidades, pois há áreas da cidade com pessoas que detém dificuldade de deslocamento para postos de saúde, então a clínica móvel irá fornecer um amparo e atendimento de uma forma eficiente para vários munícipes, inclusive a vasta zona rural que possui Parauapebas”, finalizou o vereador Francisco Eloecio.

Votação

Ao serem colocadas para apreciação parlamentar, as indicações foram aprovadas em unanimidade pelos vereadores. Com o parecer favorável dos parlamentares, as proposições serão enviadas à administração municipal, que deverá estudar a viabilidade de implementação dos pedidos.

veja também