Publicidade

Governo apura ameaças contra jornalista

O governo do Estado informa que as denúncias de ameaça ao jornalista Adécio Piran, de Novo Progresso, estão sendo apuradas com rigor e celeridade. A Polícia Civil, de imediato, após o registro da ocorrência, deu início às investigações dos fatos denunciados pelo profissional de imprensa e já identificou o responsável. Donizete Severino Duarte seria o administrador de um grupo de WhatsApp, denominado “Direita Unida Renovada”. Ele foi intimado a comparecer à delegacia, onde prestou depoimento e foi responsabilizado pelas ameaças. O procedimento seguiu para a Justiça.

Em relação ao panfleto que circulou na região, em que Adécio Piran é alvo de calúnias e difamações, as investigações continuam, buscando a identificação dos autores da mensagem e dos responsáveis pela distribuição do informativo. A Polícia Militar recebeu determinação para acompanhar o caso e cuidar da segurança do jornalista.


O Governo do Pará reafirma que respeita a liberdade de imprensa e não pactua com qualquer ato que venha fragilizar esse instrumento da democracia.

Compartilhe essa notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Tags

Veja também

Fechar Menu