Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Governo do Pará envia mais 42 respiradores para o interior e amplia leitos de UTI exclusivos para Covid-19

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Neste sábado (30), o Governo do Pará enviou respiradores para várias regiões do Estado, ampliando o número de UTI’s exclusivas para tratamento de Covid-19 na rede pública de saúde estadual. Os 42 equipamentos foram distribuídos da seguinte forma: 4 para o município de Breves, no Marajó; 10 para Tucuruí, no sudeste do Estado; 14 para Marabá; e 4 para Redenção, ambas as cidades pertencentes ao sul do Pará. Outros 10 foram enviados para Santarém, na região oeste.

No início da pandemia, ocasionada pelo novo coronavírus, o Pará tinha apenas três respiradores. Em três meses, com investimentos próprios e auxílio do Ministério da Saúde, o governo do Estado já ampliou esse número, que atualmente é 525 leitos de UTI’s. A expectativa é que até a próxima segunda-feira (1º), o total chegue a 609 equipamentos.


Os respiradores que estão sendo distribuídos pelo o interior do Pará fazem parte do pedido que o governador do Estado, Helder Barbalho, fez ao Ministério da Saúde.

“Nós estamos avançando diariamente na ampliação dos leitos de UTI. Neste momento, estamos com 525 leitos de UTI especificamente para coronavírus, com respiradores, todos funcionando com toda a estrutura. E, a partir do diálogo com o ministro Pazuello, estamos assegurando e garantindo um incremento para que cheguemos a mais de 600 leitos de UTI específicos para pacientes de Covid-19, o que nos dá, inclusive, a estruturação necessária para que estejamos preparados para, gradativamente, passo a passo, agir na liberação de atividades econômicas, para que, de forma gradual, nós possamos retomar a vida e a normalidade da sociedade paraense”, disse o chefe do Poder Executivo Estadual.

Além da ampliação do número de unidades de terapia intensiva, o Pará vem aumentando diariamente o número de leitos clínicos exclusivos para pacientes de Covid-19. Em março, eram apenas 26 leitos, atualmente, o Estado conta com 1.212.

Publicidade

Veja
Também