Governo entrega reconstruída a maior escola de Curionópolis em benefício de 900 alunos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A manhã deste sábado (20), foi de festa para cerca de 900 alunos da Escola Estadual Dr. Tancredo Neves, em Curionópolis, na região sudeste do Estado. O Governo do Pará, por meio da Secretária de Estado de Educação (Seduc), entregou reconstruída a unidade escolar. A 81ª escolas entregue às comunidades escolares, desde o início da atual gestão, em 2019.

“A gente sabe que o ambiente influência na qualidade do aprendizado. Obviamente, trabalhar a conscientização de uma data tão importante como essa (Dia da Consciência Negra) fica mais fácil. Com espaços apropriados, nós professores podemos trabalhar didaticamente e usar vários recursos, que agora existem aqui na Escola Tancredo Neves. Nós professores ganhamos, os alunos ganham e toda a população de Curionópolis. Certamente o futuro será diferente com mais consciência”, disse a professora, Tatiane Passos.


A obra de reforma e ampliação da escola custeada pelos cofres públicos, tem o valor de R$ 2,8 milhões. Um investimento prioritário para o governador Helder Barbalho. “Essa escola representa um símbolo da educação em Curionópolis. Desde 1985 ela não recebia a devida atenção. E agora com a reconstrução da Escola, nós devolvemos aos alunos uma unidade adequada, uma estrutura de boa qualidade. Pode ter escola igual, mas melhor do que essa não há nesta região. Isso demonstra o compromisso do governo do Estado em valorizar a educação, de investir na educação por todo o Pará. Ontem (sexta-feira, 18), nós entregamos a escola em Floresta do Araguaia, hoje aqui, e vamos avançando na entrega de benefícios para a educação pública”, disse o governador, Helder Barbalho.

“O Governo do Pará hoje entregou a Escola de número 81 em Curionópolis, valorizando assim a educação, trabalhando para ofertar prédios de qualidade, com toda a estrutura necessária. Vamos caminhando nesta direção. Há, com certeza, um grande caminho a se percorrer, mas nós seguimos firmes, demonstrando o quanto é importante a educação para melhorar e transformar a vida das pessoas”, disse a secretária de Estado de Educação, Elieth de Fátima Braga.

Os recursos possibilitaram a revitalização de seis salas de aulas, laboratório de informática e multidisciplinar, sala de leitura e vídeo, sala de “multi-meios”, sala do AEE, quadra de esportes, direção, secretaria e coordenação pedagógica. Houve melhorias também na sala dos professores, arquivo, nos banheiros masculino e feminino, recreio coberto, espaços de convivência e a instalação de equipamentos que propiciam a acessibilidade às Pessoas com Deficiência (PcDs).

“A Escola anterior é muito diferente do que é hoje. Ela apresentava muitos defeitos. Hoje, a gente percebe como a estrutura melhorou, e temos só a agradecer. Estamos vendo essa transição positiva. Não tinha o pátio, por exemplo. As salas não eram forradas. Era uma unidade muito simples. Eu lembro que só existia a parte da frente e do lado, bem diferente. Eu vejo grandes oportunidades. Muitas pessoas deixaram de estudar por conta da falta desta estrutura. É uma iniciativa muito linda, que vai acolher muito dos nossos alunos, que antes precisavam mudar para outros locais para estudar”, pontuou a professora Andréia Barbosa.

A cerimônia de entrega contou com a presença de políticos da região como a prefeita Mariana Chamon e o deputado Chamonzinho e moradores da cidade, incluindo a comunidade escolar. A ex-aluna, Jéssica Rocha, conta que se surpreendeu ao entrar na instituição. Foi a primeira ver desde completou o ensino médio, há sete anos. “Eu já fui aluna daqui, e hoje tive a oportunidade de entrar e ver toda essa estrutura, que está ótima. Muito diferente da minha época. Faltava muita coisa. Não tinha climatização, a quadra não era coberta. Todo o investimento feito aqui é um benefício para todos nós. Agradecemos muito”, enfatizou Jéssica Rocha.

veja também