Publicidade

Gratuidade no transporte coletivo para maiores de 60 anos é aprovada pela Câmara

Na sessão de reabertura dos trabalhos legislativos da Câmara Municipal de Parauapebas, na última terça-feira (6), os vereadores aprovaram a Proposta de Emenda à Lei Orgânica n° 2/2019, de autoria de Marcelo Parcerinho (PSC), que altera o artigo 158 da Lei Orgânica do Município (LOM).

A mudança prevê a redução de 65 para 60 anos das pessoas que têm assegurada a gratuidade no transporte coletivo de passageiros urbano e semiurbano. Para ter acesso à passagem gratuita, é obrigatório que o idoso apresente qualquer documento pessoal com foto que comprove sua idade.


Marcelo Parcerinho explicou que o Estatuto do Idoso garante a gratuidade aos maiores de 65 anos e deixa a critério dos municípios decidir sobre a concessão ou não do benefício para as pessoas na faixa etária entre 60 e 65 anos.

“Tendo em vista o aumento da população idosa, essa lei é muito simples e vem para adequar a legislação local ao Estatuto do Idoso. Claro que alguém tem que pagar por isso. Entretanto, a mudança não impede que o transporte municipal converse com o Executivo sobre uma forma de subsídio”, explicou o propositor.

O projeto tramitou pelas comissões de Constituição de Justiça e Redação (CCJR) e de Saúde e Assistência Social (CSAS), que emitiram pareceres favoráveis à aprovação.

Por se tratar de uma proposta de emenda a Lei Orgânica do Município, a matéria passará por mais uma votação antes de ser encaminhada para sanção do prefeito Darci Lermen.

Compartilhe essa notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Tags

Veja também

Fechar Menu