Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Guarda Municipal acaba com ‘social’ que estava sendo realizada com adolescentes em condomínio

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Através de uma ação comandada por homens da Guarda Municipal de Parauapebas, uma festa ‘social’ que estava sendo realizada em um condomínio, precisou ser interrompida na tarde desta segunda-feira (25), onde vários menores de idade que estudam em pelo menos três escolas públicas foram conduzidos para a Seccional de Polícia Civil na companhia de algumas pessoas já maiores de idade que também estavam na festa “proibidão”.

Quem conversou com a equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar foi o inspetor Valterlan Silva, da Guarda Municipal de Parauapebas, ele detalhou como foi registrada a situação.


Inspetor Valterlan Silva

 

“Estamos realizando no mês de fevereiro a operação volta às aulas 2019, onde iremos para determinada escola e passamos praticamente todo o dia fazendo a recepção da entrada de turno dos alunos. Por volta das 15h30 um popular nos procurou e informou que havia um aluno e uma adolescente trafegando nas proximidades da escola e que eles teriam entrado em um terreno baldio. Nós fomos constatar a situação e flagramos o adolescente e uma aluna visivelmente embriagados. A partir daí, perguntamos onde eles estavam consumindo a bebida alcoólica e os mesmos nos informaram que estava tendo uma festa social com vários adolescentes, inclusive alunos de escolas da rede municipal. Fomos ao local e encontramos mais de 60 pessoas, dessas, mais de 50 eram adolescentes, sendo 37 alunos das escolas Eunice Moreira, Olga da Silva e Domingos Cardoso. Fizemos uma triagem, mandamos as relações dos nomes para as escolas, para que os pais fossem acionados, pedimos apoio das polícias Militar e Civil, chamamos o Conselho Tutelar e conduzimos todos para a Delegacia, para fazer a apresentação e que os pais pudessem ir até à unidade policial”, relatou o inspetor Valterlan, afirmando que os maiores de idade que estavam na festa serão responsabilizados e estão à disposição da Justiça.

O condomínio onde estava sendo realizada a festa com a participação de meninos e meninas menores de idade que fazem parte da rede municipal de ensino de Parauapebas, fica localizado no Bairro Vila Rica. A ‘social’ estava regada a vários tipos de bebidas alcoólicas.

Os maiores e menores de idade foram conduzidos para a Vigésima Seccional de Polícia Civil de Parauapebas em um ônibus escolar que passava pelo local naquele momento.

 

De acordo com a Conselheira Tutelar Gardênia Martins, os pais desses menores de idade precisam ter mais preocupação em relação ao comparecimento deles nas escolas. “Esse ato nos deixa com a pulga atrás da orelha, os pais precisam ter ciência e pelo menos eventualmente acompanhar a vida escolar de seus respectivos filhos, afinal, muitos deles, não tem tempo de ir nas escolas. Agora, o procedimento é policial, o crime é dar ou vender bebidas alcoólicas para adolescentes. Houve aliciamento de menores e as autoridades irão cuidar do caso”, relatou Gardênia.

Publicidade

Veja
Também