Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Guarda Municipal de Parauapebas prende elemento que furtou quase R$ 50 mil em produtos de loja

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Uma das filiais das Lojas Leolar, situada na Rua “E”, no bairro Cidade Nova em Parauapebas, foi vítima de uma ação criminosa na madrugada do último dia 9 de novembro.

Segundo informações de José, Supervisor de Segurança Geral das Lojas Leolar, dois elementos adentraram no local pelo telhado, onde os mesmos conseguiram a façanha subindo primeiramente no prédio desativado do Banco do Brasil que fica ao lado da Loja, sendo que em cima do local ainda havia uma cerca elétrica que acabou sendo desativada pelos próprios criminosos, além dos dois que entraram, havia mais um elemento que ficou dando apoio do lado de fora em uma motocicleta.


Ainda de acordo com José, os criminosos também tentaram desativar o sistema de alarme, porém, sem sucesso. Apesar do disparo dos alarmes de segurança, os bandidos conseguiram levar ainda 32 aparelhos celulares que somados chegam a um valor total de R$ 28 mil, 59 relógios que somados chegam a mais de R$ 15 mil, além de dois notebooks que chegam a mais de R$ 5 mil.

Após o ato criminoso um dos elementos fugiu do local em uma motocicleta com o comparsa que o esperava do lado de fora e o outro elemento seguiu posteriormente a pé.

Através de câmeras de segurança de uma escola particular que fica ao lado da loja, é possível ver com detalhes a saída dos bandidos do local, onde um deles deixa a Leolar na maior tranquilidade com uma caixa contendo os objetos furtados.

A casa caiu

Em declarações prestadas à reportagem do Portal Pebinha de Açúcar, Odorico Almeida Neto, conhecido popularmente como “Rambo”, Subcomandante da Guarda Municipal de Parauapebas, afirmou que a loja Leolar foi furtada no dia 9 de novembro e ele foi procurado no dia 11 por volta das 9h00. “O Gerente de Segurança da empresa furtada me procurou para pedir apoio em relação a isso e por volta das 12h00 o caso já estava resolvido. Atuei no caso como Subcomandante da Guarda Municipal de Parauapebas, porém o efetivo, os 142 guardas, só serão nomeados em janeiro de 2016. Ressalto a importância da Guarda Municipal em nosso nossa cidade”, relatou “Rambo”, que teve como parceiro na operação o Comandante da Guarda Municipal Sérgio Pastana e os Coordenadores Operacionais Willian e Dorivan.

Parte dos produtos furtados foi recuperada pela Guarda Municipal
Parte dos produtos furtados foi recuperada pela Guarda Municipal

A prisão

“Fizemos um prévio levantamento pelas imagens do circuito interno e constatei que se tratava do Valdi, o qual eu já havia prendido, velho conhecido no mundo do crime. Saí em diligência e através de troca de informações cheguei no paradeiro dele. Fizemos campana e o prendemos em frente à casa dele e de imediato já foi confessando e entregou parte do material furtado. O que me impressiona é que da última vez que eu o prendi, o elemento ficou apenas seis dias preso, a Polícia prende e a Justiça solta, mas isso só me estimula a continuar colocando esses elementos atrás das grades quantas vezes forem necessárias”, relatou Rambo.

Reportagem: André Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também