Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Homem é acusado de desviar caminho de carona e estuprar mulher no “City Liso”

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Elielson Ivan Costa Cordeiro está preso na carceragem do Bairro Rio Verde sob acusação de estupro a uma mulher. O crime teria ocorrido no começo da manhã de sábado (6), no balneário às margens do Rio Parauapebas, conhecido popularmente como City Liso, distante alguns quilômetros da Faruk Salmen.

A mulher, que denunciou o crime e registrou ocorrência na Delegacia de Parauapebas, informou que estava na frente do bar Boteco Universitário, localizado às margens da PA-160, quando começou uma briga. Se aproveitando da oportunidade, Elielson Ivan a abordou em uma moto Biz e ofereceu carona para a residência dela, carona que foi aceita.


No entanto, Elielson tomou rumo ao balneário e ao ser questionado pela mulher, ele passou a ameaçá-la afirmando que estava armado. Ao chegar às margens do balneário, ele começou o ato sexual e afirmou que, caso ela não aceitasse, iria atirar na cabeça dela. A vítima comunicou a polícia que o acusado chegou a ejacular dentro dela.

Com a denúncia feita, a polícia passou a tentar encontrar Elielson. Imagens de câmeras de segurança do bar foram requisitadas pela polícia, que também passou a tentar localizá-lo via Facebook. Os policiais descobriram que Elielson trabalhava em uma borracharia no bairro Novo Horizonte e foi lá que ele foi preso.

 

Na Delegacia, o acusado negou as informações prestadas para a polícia pela vítima. Elielson afirmou que apenas acariciou as partes íntimas da vítima, mas que não houve relação sexual.

Na manhã desta segunda-feira (8), ele realizou exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) de Marabá e foi encaminhado a carceragem do Bairro Rio Verde, onde continua preso.

Publicidade

Veja
Também