Homem que sobreviveu ao “Massacre de Eldorado” é executado dentro de casa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Júlio Cezar Barboza, o “Cesa”, foi assassinado a tiros no Assentamento 17 de Abril, no município de Eldorado do Carajás. A vítima era uma das sobreviventes do Massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido em abril de 1996, quando 21 trabalhadores rurais foram assassinados durante um confronto com policiais militares.

Segundo relato das autoridades policiais, o crime teria acontecido por volta das 20h30 da última quinta-feira (19), horário em que um dos vizinhos de “Cesa” ouviu disparos vindos de dentro do imovel onde ele residia. ‘Cesa’ foi encontrado com duas perfurações de bala na região do tórax.


Em nota, a Polícia Civil do Pará não informou o que poderia ter motivado o crime. A PC apenas disse que instaurou um inquérito policial para apurar o homicídio. Qualquer informação que ajude nos esclarecimentos do caso pode ser repassada pelo disque-denúncia 181. O sigilo é garantido.

Durante o Massacre de Eldorado dos Carajás, “Cesa” foi registrado por imagens de televisão na época segurando uma arma, pronto para atirar contra os policiais, mas foi impedido de disparar por sua mãe, que foi baleada na perna.

veja também