Homens e máquinas trabalham dia e noite para recuperar via de acesso à Palmares II

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

As máquinas da prefeitura não param na entrada da vila Palmares II para recuperar, o mais breve possível, o trecho que rompeu no dia 31 de dezembro passado depois que uma chuva intensa caiu na região. Com a força das águas, o nível do rio subiu e o asfalto cedeu, abrindo uma grande cratera na via de acesso àquela comunidade.

A ação da prefeitura foi rápida, com a Secretaria Especial de Governo (Segov) enviando equipe para o local, com apoio da Secretaria de Obras (Semob). “Nós tivemos que fazer uma ação de emergência. E isso aqui requer um tempo, uma análise do que aconteceu para que a gente possa fazer uma coisa com perfeição”, explica Eduardo Moura, engenheiro da Segov.


O primeiro passo foi improvisar uma nova via de acesso à Palmares, para os moradores não ficarem ilhados e para que a prefeitura possa realizar um trabalho de qualidade, conforme frisa Eduardo Moura. Para a vazão das águas, aduelas começaram a ser assentadas no rio a fim de garantir a durabilidade do novo asfalto a ser colocado no trecho.

Devido ao período invernoso, a Semob fica impossibilitada de fixar uma data para a conclusão da obra, mas está na corrida contra as chuvas para restaurar o acesso à Palmares II o mais breve possível. “No trecho, tem engenheiros, tem técnico, tem operário, tem equipamento, e nós estamos dando o nosso máximo para que, num breve período de tempo, a gente possa estabelecer essa situação”, diz Eduardo Moura.

veja também