Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Hospital regional alerta para os riscos do câncer de próstata

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

No Brasil, o câncer de próstata é o tumor maligno mais comum em homens acima de 50 anos. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), somente em 2017, quase 61 mil novos casos devem ser diagnosticados no País. Em geral, a doença é silenciosa e, em estágios mais avançados, provoca dificuldade para urinar, sensação constante de bexiga cheia e retenção urinária aguda.

De acordo com o urologista do Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), Cassiano Barbosa, os principais fatores de risco para o surgimento da doença são idade e histórico familiar. ”Não há formas de prevenção da doença, como dieta ou remédio a ser tomado. Por isso é importante consultar o médico pelo menos uma vez ao ano – a partir dos 45 anos – e fazer os exame de sangue e de toque retal. Assim é possível detectar precocemente possíveis alterações”, afirma o médico.


Um dos principais fatores que impedem o diagnóstico precoce da doença é o preconceito em relação ao exame de próstata. Aliado a isso, historicamente, poucos homens procuram os serviços de saúde. Segundo o médico, uma das formas de vencer essa barreira é a informação.

Pensando nisso, neste final de semana o HRSP promoveu um bate-papo sobre saúde do homem com os profissionais da instituição. A programação fez parte da agenda da ”I Semana do Homem”, organizada pela unidade para comemorar o Dia do Homem, celebrado neste sábado, 15 de julho. Durante o encontro, os colaboradores esclareceram dúvidas também sobre doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), ejaculação precoce e disfunção erétil.

O psicólogo Odemir Carvalho Junior foi um dos participantes. ”É fato que raramente o homem consulta um médico. Só quando realmente não está bem. Então, essas orientações servem para a gente se atentar sobre a importância disso, porque mesmo sendo da área da saúde, muitas vezes não nos preocupamos com o nosso próprio bem-estar”, disse o colaborador.

Programação

Realizada entre os dias 10 e 14 deste mês, a ”I Semana do Homem” envolveu colaboradores e usuários em ações como spa da beleza, orientações em saúde, missa e torneio de futebol. A iniciativa teve o objetivo de promover a saúde e elevar a autoestima do público.

Ao longo do ano, o Hospital Regional de Marabá realiza outras ações de orientação em saúde, a fim de contribuir para a melhoria da qualidade de vida na região. A unidade é pública e gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Reportagem: Aretha Fernandes

Publicidade

Veja
Também