Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Hospital Regional de Marabá renova certificado Green Kitchen

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Pelo segundo ano consecutivo, o Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, conquistou o selo Green Kitchen, concedido pela Fundação para a Pesquisa em Arquitetura e Ambiente (Fupam) em reconhecimento ao uso de práticas sustentáveis e constante busca pelo aprimoramento do padrão de qualidade da alimentação dos usuários na unidade. Em 2015, o hospital foi o primeiro do Norte e Nordeste do Brasil a conseguir a certificação.

O selo Cozinha Verde prevê ações em três áreas: ambientação natural, alimentação saudável e sustentabilidade. A proposta é garantir aos usuários refeições puras, sem adição de substâncias que possam fazer mal ao organismo humano, bem como devolver ao meio ambiente o mínimo de resíduos sólidos e desenvolver projetos que valorizem o controle da insolação, a iluminação natural e a ventilação renovada, utilizando materiais naturais, reusados, reciclados ou certificados.


Dentre as ações realizadas pelo Hospital Regional de Marabá que garantem a certificação Green Kitchen à cozinha da unidade estão o uso de produtos de limpeza biodegradáveis, treinamento da equipe sobre temas relacionados à sustentabilidade e alimentação natural e, ainda, a separação dos resíduos inorgânicos e de óleo vegetal para reciclagem.

A partir deste semestre, a coleta do resíduo de óleo gerado na fritadeira da unidade passará a ser feita por uma empresa que utilizará parte desse material para produzir sabão em pedra, detergente neutro, água sanitária, desinfetante, sabão em pó e vassoura. Se fosse despejado em pias ou no lixo comum, o óleo de cozinha poderia contaminar a água, o solo e a atmosfera. Para se ter uma ideia do prejuízo ambiental causado pelo descarte inadequado desse resíduo, um litro de óleo de cozinha jogado na pia pode contaminar até um milhão de litros de água.

Para o diretor geral do HRSP, Valdemir Girato, a conquista do selo aponta para o compromisso da instituição em buscar as melhores práticas de gestão. “A qualidade do atendimento ao usuário não se restringe à assistência médica, ao uso de medicamentos ou a procedimentos cirúrgicos, mas está relacionada a tudo que ele necessita dentro da unidade, desde a forma como é abordado ao chegar ao hospital, a implantação de protocolos de segurança do paciente até o modelo de gestão adotado. Por isso, o certificado Green Kitchen tem um grande valor para os colaboradores do hospital, pois mostra que estamos no caminho certo”, afirmou o administrador.

A coordenadora do Serviço de Nutrição e Dietética (SND), Nathália Silva, comentou que a certificação é um desafio para a unidade. “Para o usuário isso significa que estamos em busca de melhorias para o seu atendimento e que atuamos com responsabilidade ambiental e social”, finalizou a nutricionista. 

A unidade

Público e gratuito, o Hospital Regional de Marabá é referência em atendimento de média e de alta complexidade para mais de 1 milhão de pessoas em 22 municípios. A unidade possui 115 leitos, dos quais 77 são de internação clínica e cirúrgica e 38 são de Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Sua gestão é feita pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Publicidade

Veja
Também