Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Igreja católica convida população para celebração de Corpus Christi

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Na próxima quinta-feira, dia 15, a Igreja Católica em todo o mundo comemora o dia de Corpus Christi, que significa “Corpo de Cristo”. Em Parauapebas, as ruas próximas a Igreja São Sebastião, na praça Mahatma Gandhi, serão enfeitadas com os tradicionais tapetes ilustrando passagens da vida de Jesus Cristo, e do pão e cálice: o Santíssimo Sacramento.

A procissão lembra a caminhada do povo de Deus, que é peregrino, em busca da Terra Prometida, o Céu. No Antigo Testamento esse povo foi alimentado com maná, no deserto. Hoje, ele é alimentado com o próprio Corpo de Cristo, a Eucaristia.


A festa de Corpus Christi tem por objetivo celebrar solenemente o mistério da Eucaristia, que é o Sacramento do Corpo e do Sangue de Jesus Cristo. A Eucaristia foi instituída pelo próprio Cristo durante a última Ceia com os apóstolos, quando mandou que celebrássemos sua lembrança comendo o pão e bebendo o vinho que, sendo abençoados pelo padre, se transformam no seu corpo e sangue. Um mistério da fé. Jesus se faz alimento para nos dar forças para perseverar na caminhada.

Celebração de Corpus Christi

Na Paróquia São Sebastião, a programação tem início às 7h00 com a Santa Missa seguida de procissão pelas ruas próximas à Igreja, com os tradicionais tapetes. Ao longo do dia, haverá adoração a Jesus Cristo presente no Santíssimo Sacramento.

Origem da Celebração

Por volta do ano de 1260, ao celebrar a Missa na cripta de Santa Cristina, em Bolsena, Itália, ocorreu um milagre eucarístico: da hóstia consagrada começaram a cair gotas de sangue sobre o corporal após a consagração. Dizem que isto ocorreu porque o padre teria duvidado da presença real de Cristo na Eucaristia.

O Papa Urbano IV (1262-1264), que residia em Orvieto, uma cidade próxima, ordenou ao Bispo Giacomo que levasse as relíquias de Bolsena a Orvieto. Isso foi feito em procissão. Quando o Papa encontrou a Procissão na entrada da cidade, pronunciou diante da relíquia eucarística as palavras: “Corpus Christi”.

O Santo Padre movido pelo prodígio, e pelo pedido de vários bispos, fez com que se estendesse a festa do Corpus Christi a toda a Igreja, fixando-a para a quinta-feira depois da oitava de Pentecostes.

Tapetes, arte e religiosidade

Em muitos lugares criou-se o belo costume de enfeitar as casas com oratórios e flores e as ruas com tapetes ornamentados, tudo em honra do Senhor que vem visitar o seu povo.
Utilizando diversos tipos de materiais, como serragem colorida, borra de café, farinha, areia e alguns pequenos acessórios, como tampinhas de garrafas, flores e folhas, os fiéis montam, com grande arte, um tapete pelas ruas, formando desenhos relacionados ao Santíssimo Sacramento.

Publicidade

Veja
Também