Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

II GP Rio de Motocross movimenta o Cedere I

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Durante os dias 7 e 8 de março, foi realizado na Vila Cedere 1 o II GP RIO DE MOTOCROSS. O Centro de Treinamento Rio Construções foi o local do evento que reuniu pilotos de várias cidades e contou com a presença do público que doou 2 kg de alimentos na entrada.

As competições começaram por volta das 14h00 no domingo e as primeiras motos a entrar na pista foram as nacionais CRF 230. 21 pilotos alinharam para 15 minutos de prova. O piloto de Parauapebas Adriel largou na frente seguido por Matheus Lopes de Tomé Açú e Robinho. Ainda na primeira volta Matheus assumiu a liderança e venceu sem ser incomodado.


A segunda categoria a entrar na pista foi a MX3 com pilotos mais experientes acima de 30 anos. Fabrício Mota pulou na frente seguido por perto pelo piloto Marcelo Frangão e Marcos Barcelos. Frangão assumiu a liderança no início da prova e liderou até a última volta onde cometeu um erro e foi ultrapassado por Marcos Barcelos.

Na categoria Intermediária com pilotos iniciantes no motocross teve um início com troca de posições. Olegário Protásio de Redenção pulou na frente mas não suportou a pressão do piloto Wellington (vovô) de Tomé Açú. Vovô assumiu a liderança e abriu uma vantagem dos demais pilotos. Na Terceira volta, Vitor, de Canaã dos Carajás aproveitou a seção de costelas e fez a ultrapassagem assumindo a liderança da prova e venceu a categoria.

Com o publico aguardando a categoria principal do evento, a Especial com motos importadas de 450cc considerada a Fórmula 1 das motos, aconteceram mais duas baterias com as categorias Infantil e Veteranos.

Gate cheio para a última bateria do dia. Motos alinhadas e quem pulou na frente foi o piloto de Canaã dos Carajás Rafael Ribeiro que liderou a prova até a última volta seguido por Matheus Lopes. Na briga pela terceira posição vinham os pilotos Nadielson, Cazin e Mike Cassini. Matheus aproveitou um erro de Rafael a assumiu a liderança na última volta para vencer a categoria.

O 2º GP RIO DE MOTOCROSS foi um evento beneficente e toda a renda das inscrições foi convertida em cestas básicas que foram doadas para a comunidade da Vila Cedere 1. O evento teve o apoio de RIO CONSTRUÇÕES, SUL PARÁ CAMINHÕES E MÁQUINAS, PORTAL PEBINHA DE AÇÚCAR, GRUPO HAMILTON RIBEIRO, PEDRO RIBEIRO e MARCELO CATALÃO.

RESULTADO DO 2º GP RIO DE MOTOCROSS:

CATEGORIA NACIONAL
1º – Matheus Lopes – Tomé Açú – Açaí Vita Nat
2º – Adriel – Parauapebas – Katinga Motos
3º – Robinho – Parauapebas
4º – Renan – Parauapebas – Mais Racing
5º – Mike Cassini – Jacundá

CATEGORIA MX3
1º – Marcos Barcelos – Parauapebas
2º – Marcelo Frangão – Parauapebas
3º – Fabrício Mota – Parauapebas – Rio Construções
4º – Rubens Gomes – Parauapebas
5º – Eree Carvalho – Parauapebas

CATEGORIA INTERMEDIÁRIA
1º – Vitor – Canaã dos Carajás
2º – Wellington “Vovô” – Tomé Açu
3º – Thiago –
4º – Cazin – Redenção
5º – Olegário Protásio – Redenção

CATEGORIA VETERANOS
1º – JB – Parauapebas
2º – Quibada – Parauapebas
3º – Rogério – Parauapebas
4º – Déo Martins – Parauapebas – Amazon Moto
5º – Dermilson Macena – Parauapebas – Rio Construções

CATEGORIA MX FORÇA LIVRE
1º – Matheus Lopes – Tomé Açú – Açaí Vita Nat
2º – Rafael Ribeiro – Canaã dos Carajás – Rio Construções
3º – Nadielson Salmito – Tomé Açu
4º – Mike Cassini – Jacundá
5º – Cazin- Redenção

Publicidade

Veja
Também