Intervenção policial “cancela” mais um CPF de criminoso em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O próprio comandante do 23º Batalhão da Polícia Militar, compunha a guarnição que saiu, na tarde da última sexta-feira, 5, em captura de indivíduos contumazes na prática de roubos com emprego de arma de fogo na sede do município de Parauapebas, tendo após as ações criminosas se homiziavam em um barraco as proximidades de um areial, após a Vila Analício Barros, área rural do município, distante cerca de 40 km.

As informações foram confirmadas, sendo encontrados cerca de quatro indivíduos no barraco indicado. Os policiais se aproximaram do local em veículo descaracterizado a fim de não levantar suspeitas, porém, mesmo assim, os indivíduos notaram tratar-se da presença policial e trataram de evadir para área de mato, ignorando a ordem de parada, além de efetuar disparos contra os policiais.


A perseguição continuou e em um dado momento um dos fujões realizou disparos contra os policiais, que ao repelir injusta agressão, efetuando disparos, atingiram o meliante na altura do pescoço. O criminoso foi neutralizado tendo tombado de posse de uma arma de fogo do tipo revólver “Taurus”, calibre .38, cabo em madeira, série MK859054, municiado com três munições intactas e três deflagradas.

A diligência policial continuou tendo contado com a reação de outro meliante que também foi neutralizado, porém, mesmo ferido continuou seguir em fuga, mas, foi alcançado a cerca de 300 metros depois.
Capturado ele foi identificado como sendo “NÔNO”, com quem foi apreendido um coldre na cor preta. Os feridos foram socorridos em unidade de saúde pública sendo no barraco apreendidas duas armas de fabricação caseira, além de um carregador de pistola calibre .45mm e uma munição intacta de calibre .45mm.

veja também