Single Posts
Confirmados
20.582
Single Posts
Recuperados
10.373
Single Posts
Óbitos
152

 Publicidade

Investigações conjuntas das Polícias Civil do Pará, Goiás e Ceará localizam e prendem suspeitos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Sem dó nem piedade, homem mata colega de trabalho e pede para patrão avisar a polícia

Na manhã deste sábado (20), um foragido da justiça foi preso no município de Redenção, na região Araguaia. Gabriel da Silva é suspeito de ter praticado dois latrocínios contra idosos na cidade de Trindade, em Goiás. O trabalho de investigação contou com a participação de policiais civis do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI/Redenção) em ação conjunta com a Superintendência Regional do Araguaia, da Delegacia de Conflitos Agrários, e Polícia Civil do Estado de Goiás, por intermédio da Delegacia de Trindade.

A investigação apurou que o suspeito se aproximava dos idosos com a finalidade de extrair dinheiro, cartões bancários com senhas e proventos de aposentadorias. Caso houvesse resistência, o suspeito passava a utilizar de violência.


Durante a investigação, foi detectado que Gabriel da Silva fugiu para o Pará. Ele foi encontrado numa residência, após denúncia anônima. O preso será encaminhado ao estado de Goiás.

Desaparecimento – Já na sexta-feira (19), uma adolescente de 13 anos foi localizada e resgatada na cidade de Araraquara, em São Paulo. Ela estava desaparecida do estado do Ceará desde o dia 6 de junho, data de seu último contato com os familiares.

A ação foi desempenhada pela Polícia Civil do Estado do Pará, por intermédio do Núcleo de Apoio a Investigação (NAI/Castanhal), em trabalho de investigação com a Polícia Civil do Estado do Ceará, por intermédio da 12ª Delegacia da DHPP (Divisão de Desaparecidos) – com apoio da Delegacia da Mulher da cidade de Araraquara/SP.

As investigações demonstraram que a adolescente teria mantido contato virtual com Willian dos Reis Silva por determinado período, até o mesmo se deslocar da cidade de Araraquara/SP para a cidade de Maranguape/CE com a finalidade de buscá-la. Durante as diligências, os policiais apuraram ter sido utilizado pelo investigado diversas versões para tentar encobrir seu envolvimento com a adolescente, inclusive contando com a cumplicidade de terceiros, os quais utilizaram número telefônico com o DDD do estado do Pará na tentativa de dificultar sua identificação e paradeiro.

As investigações continuam no sentido de identificar, localizar e responsabilizar os demais envolvidos na trama delituosa. O homem foi autuado em flagrante delito na Delegacia da Mulher de Araraquara/SP por infração, em tese, aos delitos tipificados nos artigos 148 (sequestro) e 217-A (estupro de vulnerável) do Código Penal Brasileiro.

Publicidade

Veja
Também