Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Investigações conjuntas das Polícias Civil do Pará, Goiás e Ceará localizam e prendem suspeitos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Na manhã deste sábado (20), um foragido da justiça foi preso no município de Redenção, na região Araguaia. Gabriel da Silva é suspeito de ter praticado dois latrocínios contra idosos na cidade de Trindade, em Goiás. O trabalho de investigação contou com a participação de policiais civis do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI/Redenção) em ação conjunta com a Superintendência Regional do Araguaia, da Delegacia de Conflitos Agrários, e Polícia Civil do Estado de Goiás, por intermédio da Delegacia de Trindade.

A investigação apurou que o suspeito se aproximava dos idosos com a finalidade de extrair dinheiro, cartões bancários com senhas e proventos de aposentadorias. Caso houvesse resistência, o suspeito passava a utilizar de violência.


Durante a investigação, foi detectado que Gabriel da Silva fugiu para o Pará. Ele foi encontrado numa residência, após denúncia anônima. O preso será encaminhado ao estado de Goiás.

Desaparecimento – Já na sexta-feira (19), uma adolescente de 13 anos foi localizada e resgatada na cidade de Araraquara, em São Paulo. Ela estava desaparecida do estado do Ceará desde o dia 6 de junho, data de seu último contato com os familiares.

A ação foi desempenhada pela Polícia Civil do Estado do Pará, por intermédio do Núcleo de Apoio a Investigação (NAI/Castanhal), em trabalho de investigação com a Polícia Civil do Estado do Ceará, por intermédio da 12ª Delegacia da DHPP (Divisão de Desaparecidos) – com apoio da Delegacia da Mulher da cidade de Araraquara/SP.

As investigações demonstraram que a adolescente teria mantido contato virtual com Willian dos Reis Silva por determinado período, até o mesmo se deslocar da cidade de Araraquara/SP para a cidade de Maranguape/CE com a finalidade de buscá-la. Durante as diligências, os policiais apuraram ter sido utilizado pelo investigado diversas versões para tentar encobrir seu envolvimento com a adolescente, inclusive contando com a cumplicidade de terceiros, os quais utilizaram número telefônico com o DDD do estado do Pará na tentativa de dificultar sua identificação e paradeiro.

As investigações continuam no sentido de identificar, localizar e responsabilizar os demais envolvidos na trama delituosa. O homem foi autuado em flagrante delito na Delegacia da Mulher de Araraquara/SP por infração, em tese, aos delitos tipificados nos artigos 148 (sequestro) e 217-A (estupro de vulnerável) do Código Penal Brasileiro.

Publicidade

Veja
Também