Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Já são 34 os mortos no desastre com barragem da Vale

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Já são 34 o número de mortes confirmadas em decorrência do rompimento de uma barragem da mineradora Vale S/A em Brumadinho (MG). A informação é do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais.

A única vítima que morreu e teve a identidade revelada é a médica Marcelle Porto Cangussu, de 35 anos. Ela trabalhava na Vale desde 2016 e fez aniversário na véspera da tragédia, de acordo com o portal G1.


ROLE PARA BAIXO PARA CONTINUAR LENDO

Já o número de desaparecidos caiu para 296, de acordo com a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil de Minas Gerais. Segundo os órgãos, 46 pessoas foram encontradas e encaminhadas para unidades de saúde.

 

Divulgação/ Presidência da República
Divulgação/ Presidência da República

O presidente Jair Bolsonaro sobrevoou a a área atingida na manhã deste sábado ao lado do governador de Minas Gerais, Romeu Zema.

ENTENDA A TRAGÉDIA

Uma barragem da mineradora Vale rompeu nesta sexta-feira (25) em Brumadinho, cidade da Grande Belo Horizonte.

O rompimento foi confirmado pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, que enviou equipes para o local. A defesa civil também foi acionada.

Momentos após o alerta ser disparado, era possível encontrar nas redes sociais vídeos que mostravam o mar de lama no local.

O rompimento foi na região do córrego do Feijão, na altura do km 50 da rodovia MG-040.Fotos enviadas por moradores da região aos Bombeiros mostram uma grande quantidade de lama atingindo casas.

Desespero em Brumadinho

Familiares de pessoas que estão desaparecidas em Brumadinho buscam desesperadamente por notícias. Elas reclamam da falta de informação.

Veja imagens

O rompimento foi na região do córrego do Feijão, na altura do km 50 da rodovia MG-040.Fotos enviadas por moradores da região aos Bombeiros mostram uma grande quantidade de lama atingindo casas.

Justiça bloqueia R$ 6 bilhões e multa a Vale

A Justiça Federal de Minas Gerais acatou neste sábado pedido do Ministério Público e determinou o bloqueio de mais R$ 5 bilhões para reparar os danos ambientais causados pelo rompimento de uma barragem da empresa na cidade de Brumadinho (MG). O desastre ambiental aconteceu na sexta-feira, provocou mortes ainda a serem contabilizadas e deixou muita destruição.

O juiz de plantão da Vara de fazenda Pública de Belo Horizonte , Renan Carreira de Machado, já havia determinado no final da noite da sexta-feira (25) o bloqueio de R$ 1 bilhão nas contas da mineradora Vale.

Além dos R$ 6 bilhões bloqueados, a Vale ainda foi multada em R$ 250 milhões pelo Ibama, órgão do Ministério do Meio Ambiente.

Publicidade

Veja
Também