Jovem criminoso leva a pior em confronto com a PM em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Aos 24 anos de idade e já com extensa ficha criminal, de acordo com informações da polícia, Lucas de Souza teve sua carreira criminosa interrompida.

Em seu histórico, constam, além de tráfico de entorpecentes, ameaças e roubos à mão armada em cujas ações sempre fazia uso de violência contra suas vítimas.


Sua última atividade criminosa se deu na noite do último sábado (23), quando ao reagir à abordagem policial, tombou diante da reação da polícia, que respondeu à injusta agressão.

A situação ocorreu na Rua Bom Jardim, Bairro da Paz, onde homens da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (ROCAM), estavam em patrulhamento, tendo sido solicitado pela equipe do Grupo Tático Operacional (GTO) apoio para fazer um cerco naquelas proximidades.

A guarnição avistou o indivíduo, alvo da perseguição, que se evadiu para o interior da residência, sendo necessário que os policiais adentrassem de forma tática. Porém, ao perceber a presença dos PM’s, Lucas disparou contra a guarnição. E foi nesse momento que o criminoso tombou, já que foi repelido com disparos da guarnição para proteger e resguardar a vida dos policiais.

Sem chances de sobrevivência, Lucas ainda foi socorrido no Pronto Socorro do Hospital Municipal de Parauapebas, onde foi constatado o óbito.

No imóvel, onde residia o criminoso, foi encontrado, além do revólver usado na agressão, 539 gramas de maconha.

Após o anúncio da morte de Lucas, várias vítimas foram encontradas e o reconheceram como autor do crime do roubo a uma das farmácias de Parauapebas no Bairro Cidade Nova. Além de vítimas agredidas pelo meliante no dia anterior.

Publicidade

veja também